George Saunders - Man Booker Prize 2017

Literatura inglesa

George Saunders, de 58 anos, é o segundo norte-americano em sequência a vencer o Man Booker Prize, o mais importante prêmio literário em língua inglesa da atualidade (Paul Beatty levou o prêmio em 2016 com "The Sellout", lançado no Brasil como "O Vendido"). Criado originalmente em 1968, somente para escritores do Reino Unido, Irlanda e da comunidade britânica, este é o quarto ano em que foram adotados os critérios de seleção mais ampliados, podendo concorrer autores de qualquer nacionalidade, desde que escrevam em inglês e tenham publicado a sua obra no Reino Unido. Este ano a competição não foi nada fácil com finalistas renomados como Paul Auster (meu favorito), Arundhati Roy, Ali Smith, Zadie Smith e Colson Whitehead.

"Lincoln in the Bardo", ainda inédito no Brasil, é o primeiro romance de George Saunders, tradicional autor de contos e ensaios, que levou o prêmio de £ 50 mil (cerca de R$ 210 mil). Partindo de acontecimentos históricos reais durante a Guerra Civil nos EUA, o autor imaginou uma visita do presidente Abraham Lincoln, feita em 1862, ao corpo de seu filho de 11 anos, Willie, em um cemitério de Washington. No budismo tibetano, bardo é o estado de transição entre a morte e o renascimento. No Brasil, a Companhia das Letras já publicou de Saunders a sua premiada antologia de contos "Dez de Dezembro" (2014) e o livro infantil "Os Grudolhos Perseverantes de Frip" (2015), estando previsto para 2018 o lançamento de "Lincoln in the Bardo" como "Lincoln no Limbo".
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Albert Camus - A Morte Feliz

As 20 obras mais importantes da literatura brasileira

Emancipação e História - José Maurício Domingues

Geny Vilas-Novas - Fazendas ásperas

Milton Hatoum - A Noite da Espera

20 grandes escritoras brasileiras