Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2008

William Faulkner - O Som e a Fúria

Imagem
William Faulkner - O Som e a Fúria - Editora Cosac Naify - 331 páginas - Publicação 2003 - Tradução de Paulo Henrique Britto - Atualizado pelo lançamento da Editora Companhia das Letras em 15/09/2017. Relançado pela Companhia das Letras, que adquiriu parte do acervo da extinta Editora Cosac Naify, " O Som e a F úria" , quarto romance de William Faulkner (1897-1962), foi publicado originalmente em 1929 e é considerado pela crítica sua obra mais importante. O tema central é o processo de desagregação e decadência da tradicional família Compson e seus últimos descendentes no ambiente racista do sul dos Estados Unidos. Faulkner utilizou técnicas modernas como o fluxo de consciência dos personagens, estruturas de tempo e espaço não lineares e, principalmente, diferentes vozes narrativas para compor esta história surpreendente, que não poderia mesmo ter sido integralmente compreendida na época, como explicou o próprio autor, vencedor do prêmio Nobel em 1949 : " Qua

Leon Tolstoi - Guerra e Paz

Imagem
Leon Tolstoi - Guerra e Paz - Prestígio Editorial - 03 volumes - 1349 páginas - Publicação 2002 - Tradução de Gustavo Nonnenberg, com base na versão francesa. Leon Tolstoi (1828-1910) escreveu um dos romances mais completos e marcantes da literatura universal, talvez só comparável à Ilíada ou Odisséia, na sua grandeza épica. Embora Guerra e Paz não consiga alcançar o nível de aprofundamento psicológico obtido pelo autor em Ana Karenina , por outro lado, poucas vezes um povo recebeu um legado artístico tão apaixonado. O romance compreende o período de 1805 a 1813, descrevendo, em retrospectiva histórica, a campanha de Napoleão na Áustria, a invasão da Rússia, a tomada de Moscou e, finalmente, a trágica retirada das tropas francesas durante o inverno russo. A narrativa tem início durante um período de paz, onde Tolstoi destaca com ironia a futilidade da sociedade russa da época, nos salões de baile de São Petersburgo onde, apesar da ameaça de guerra imposta pelo avanço de Napoleã

20 Citações do Mundo de K

Imagem
Ilustração de Lowel Herrero: "Vacas del Delta" . Desde que iniciei este blog, em janeiro de 2007, tenho selecionado e exibido algumas citações que mantenho por algum tempo na página. Eventualmente volto a postar algumas preferidas, mas decidi relacionar aquelas mais representativas dos temas discutidos por aqui. A ordem de apresentação é apenas cronológica de publicação no blog: (01) " A vida não é a que a gente viveu, e sim a que a gente recorda, e como recorda para contá-la. ” Gabriel García Márquez - "Viver para Contar" (2002) (02) " Amar é mudar a alma de casa. ” Mario Quintana - "Sapato Florido" (1948) (03) " Olho muito tempo o corpo de um poema / até perder de vista o que não seja corpo / e sentir separado dentre os dentes / um filete de sangue / nas gengivas. " Ana Cristina Cesar - "A teus Pés" (1982) (04) " O meu amor e eu / nascemos um para o outro / agora só falta quem nos apresente. "