Postagens

Alex Andrade - Antes que Deus me esqueça

Imagem
"O homem não foi feito para a derrota. Um homem pode ser destruído. Não derrotado.", esta citação de O Velho e o Mar de Ernest Hemingway, escolhida por Alex Andrade para a epígrafe do seu romance Antes que Deus me esqueça, resume bem o destino de Joca, o sofrido protagonista que passou a se chamar assim depois de um erro do escrivão do cartório, pois seu nome deveria ter sido Joaquim de Jesus Silva, igual ao avô que tinha ascendência portuguesa, como era a vontade da mãe Joana, nascida parda e pobre no subúrbio do Rio de Janeiro, em uma família de oito irmãos e uma tia encalhada que tomava conta das crianças enquanto a mãe lavava roupas para fora.
A simplificação do nome na certidão de nascimento foi um dos muitos erros que levaram Joca até a situação na qual o encontramos no início do romance, em uma cela miserável de presídio: "Faz mais ou menos um ano e meio que divido a cela com mais seis pessoas, antes éramos três. Não dá para confiar nem para reclamar, qualquer atr…

Andrea Dip - Em nome de quem?

Imagem
Andrea Dip - Em nome de quem? A bancada evangélica e seu projeto de poder - Editora Civilização Brasileira - 160 Páginas - Lançamento: 21/05/2018.
Este livro-reportagem aborda um tema importante, delicado e extremamente atual ao avaliar a atuação do Congresso brasileiro na legislatura 2015-2019 e o crescimento da bancada evangélica durante o período. A jornalista Andrea Dip descreve alguns eventos marcantes e recentes da política nacional e os possíveis desdobramentos na eleição presidencial que ocorrerá este ano. Não é uma tarefa simples entender a história no momento em que ela está acontecendo, principalmente quando o entendimento envolve dois assuntos que não deveriam se misturar: política e religião. Independente da orientação política e religiosa do leitor, o livro é uma fonte valiosa de informação para sabermos onde estamos e para onde vamos.

O processo de impeachment de Dilma Rousseff e a formação e sustentação do governo de Michel Temer, foram viabilizados pela aproximação dos …

Sara anda mais bonita, um conto de Valéria Martins

Imagem
Mulher com Gato (1953) - Di Cavalcanti
Sara anda mais bonita (Valéria Martins)
Ela sempre foi bonita, mas agora está mais. Não sei o que anda fazendo. Escova progressiva, regime. Só sei que de repente passou a brilhar. Todo mundo olha, até eu. Ela trabalha do meu lado. Às vezes, me desvio do que estou fazendo para olhar.
Sara sempre foi tranquila, boazinha... Mas começou a mudar devagarinho o jeito de ser. Um sorriso de canto de boca, um olhar malicioso. Até o jeito de andar mudou, agora rebola demais.
Também faço escova progressiva e regime, mas não tem o mesmo efeito. Meu cabelo parece caroço de manga chupada. Meus ossos são pontudos e o regime os faz mais salientes. Tento rebolar e imitar o novo jeito de olhar da Sara, mas duvido que pareça com ela.
Sexta passada, saímos juntas do escritório. A turma foi beber e o bar era perto da casa dela. Me convidou a subir e tomar uma ducha. Ainda podíamos retocar a maquiagem. O apartamento é uma quitinete em Copacabana com vista para a área interna…

Jacques Fux - Nobel

Imagem
Jacques Fux - Nobel - Editora José Olympio - 128 Páginas - Lançamento: 02/04/2018.
Este ano fomos surpreendidos pela declaração da tradicional Academia Sueca sobre o cancelamento do prêmio Nobel de literatura de 2018 devido ao escândalo envolvendo integrantes da organização com denúncias de assédio sexual e suspeitas de corrupção. Muitas críticas já foram feitas no passado à Academia pela falta de transparência nos critérios de escolha, assim como pela influência política e econômica nos resultados em detrimento do valor literário das obras, como demonstra a concentração de laureados em língua inglesa, francesa, italiana e alemã, fato que nos faz pensar se não há também livros de valor sendo escritos em japonês, chinês, hebraico e português. Por sinal, o nosso idioma pátrio foi lembrado uma única vez, com José Saramago, em mais de cem anos.

Nesse contexto, Nobel,quarto romance (se é que podemos chamar assim, por falta de definição melhor) e mais recente lançamento do escritor mineiro Ja…

Geny Vilas-Novas - Fazendas ásperas

Imagem
Geny Vilas-Novas - Fazendas ásperas - Editora 7 Letras - 216 Páginas - Lançamento: 2017.
Ao iniciar este texto, enfrento o primeiro impasse de todo resenhista que precisa apresentar informações objetivas ao leitor e, por este motivo, é sempre um escravo dos enquadramentos, fico com a seguinte dúvida: como resumir o gênero literário da mineira Geny Vilas-Novas? Memorialismo, autobiografia, romance de ficção ou prosa poética? Talvez um pouco de tudo isso em uma estrutura narrativa que oscila todo o tempo entre a primeira e a terceira pessoa, presente e passado, regional e universal. Bem, já se percebe que temos aqui um autêntico exercício de literatura na melhor tradição de outros grandes escritores de Minas Gerais.

A autora, que é também a protagonista na imagem da "Mãe rainha do lar", e tem na Literatura o seu refúgio, trabalha com um núcleo de personagens no presente, formado pelo "Pai" (na verdade, o marido), a "Nora de Olhos Oblíquos e Cor de Ônix", a &q…

"O paciente inglês" de Michael Ondaatje leva o Golden Man Booker Prize

Imagem
The English Patient (O paciente inglês) de Michael Ondaatje foi escolhido como o melhor romance premiado pelo Man Booker Prize em 50 anos. As cinco obras selecionadas, uma para cada década da premiação, foram definidas por uma comissão julgadora e o vencedor eleito pelo público por votação online que ocorreu no período de 26 de maio a 25 de junho  (ler aqui a postagem com os cinco autores finalistas).

O romance histórico foi lançado originalmente em 1992 e, no Brasil, está disponível apenas em edição de bolso de 2007 publicada pela Editora Companhia das Letras em tradução de Rubens Figueiredo — Ler abaixo a biografia do autor e sinopse da obra disponíveis no site da Editora.

Biografia do AutorMichael Ondaatje nasceu em 1943, no Sri Lanka e, após crescer na Inglaterra, radicou-se no Canadá em 1962. Foi professor universitário de literatura inglesa e começou sua carreira literária como poeta. O paciente inglês, seu romance de 1992, ganhou o Booker Prize, o Canada Australia Prize e o Ca…

Paul Auster - 4 3 2 1

Imagem
Paul Auster - 4 3 2 1 - Editora Companhia das Letras - 816 Páginas - Tradução de Rubens Figueiredo - Lançamento no Brasil: 11/06/2018 (Leia aqui um trecho em pdf disponibilizado pela Editora).
Este romance marca o retorno de Paul Auster ao mercado editorial após um período de sete anos sem lançamentos na área de ficção, tendo sido não só o finalista, mas também o favorito do influente Man Booker Prize do ano passado, quando foi superado por Lincoln no Limbo de George Saunders, em uma decisão nada fácil para os juízes, em uma das versões mais competitivas da premiação em muitos anos,  e que contou ainda com os livros de Arundhati Roy e Zadie Smith na longlist de 2017.

O projeto literário de Paul Auster, com o interessante título em contagem regressiva: 4 3 2 1, é bem diferente de outras obras de sua bibliografia (ler as resenhas de A Trilogia de Nova York e Sunset Park), tanto pela extensão quanto pelo estilo de romance de formação com cunho realista e histórico. Ambientado, em sua maior…

Ismail Xavier - A experiência do cinema

Imagem
Ismail Xavier - A experiência do cinema - Editora Paz e Terra - 392 Páginas - Relançamento: 02/04/2018 (Leia um trecho disponibilizado pela Editora).

Esta antologia relançada agora pela Editora Paz e Terra foi organizada pelo professor Ismail Xavier e lançada originalmente em 1983, tendo se tornado, desde então, uma referência na área de teoria do cinema em nosso país. Obviamente, um livro indispensável para estudiosos e profissionais da área, mas também de interesse para aqueles que queiram conhecer mais sobre a teoria e prática da linguagem do cinema mundial.
A experiência do cinema se destaca na extensa bibliografia de Ismail Xavier pela abrangência e originalidade de suas escolhas, abordando um período de 1916 a 1980, os textos selecionados pelo organizador, produzidos por críticos, filósofos, psicólogos e, é claro, cineastas da importância de Eisenstein e Luis Buñuel, contam um pouco da história do cinema mundial no século XX e a experiência cinematográfica sob diferentes pontos de…

Vencedores do Prêmio Sesc de Literatura 2018

Imagem
Se você é um escritor iniciante, de qualquer idade, que ainda não publicou o seu livro, seja ele um romance ou antologia de contos, esta é uma das melhores (e poucas) oportunidades (leia aqui o Edital completo de 2018). O Prêmio Sesc de Literatura divulgou os vencedores da versão 2018: Tobias Carvalho e Juliana Leite foram os selecionados na categoria contos e romance, respectivamente (leia aqui matéria do Jornal O Globo).

Segundo os critérios da premiação, são escolhidos, anualmente um romance e um livro de contos inéditos, de autores ainda não publicados. os livros vencedores serão lançados pela editora Record, com tiragem inicial de 2 mil exemplares. As comissões finais foram formadas por Daniel Galera e Letícia Wierzchowski (Conto) e Beatriz Rezende e Flávio Carneiro (Romance), que selecionaram os vencedores dentre as obras pré-selecionadas.

Sinopse de "As Coisas" de Tobias Carvalho: "As coisas" é um livro com personagens homossexuais em todos os seus contos, cuj…

Felipe Franco Munhoz - Identidades

Imagem
Felipe Franco Munhoz - Identidades - Editora Nós - 186 Páginas - Direção Editorial de Simone Paulino - Projeto gráfico: Bloco Gráfico - Lançamento: 23/05/2018.
Experimental é um termo insuficiente para definir o que propõe Felipe Franco Munhoz nesta obra que incorpora elementos de várias expressões artísticas como: prosa, poesia, dramaturgia, artes plásticas e música. Partindo de referências da mitologia grega e literatura como, por exemplo, a saga de Fausto e Mefistófeles, um tema recorrente em toda a cultura ocidental, o autor faz uma transposição de personagens clássicos para a nossa época de forma a destacar questões como a crise de identidade, mudanças de gênero e as relações afetivas. Assim, não é de causar surpresa que este novo Fausto seja na verdade uma mulher e encontre com Mefistófeles em plena Rua Augusta.

Não é tão simples acompanhar a velocidade com que o autor lança mão de referências e, até mesmo, mudanças repentinas de idioma para o inglês, alemão ou grego. Logo, é dese…
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...