Postagens

Mostrando postagens de 2019

Patti Smith - O ano do macaco

Imagem
Patti Smith - O ano do macaco - Editora Companhia das Letras - 168 Páginas - Traduçao de Camila von Holdefer - Capa de Fabio Uehara - Foto de capa: Barre (Skills) Durya Lançamento: 28/10/2019.
Assim como Just Kids, vencedor do National Book Award de 2010 e Linha M, seus dois livros anteriores lançados no Brasil, O ano do macaco também não pode ser classificado em uma única categoria, seja autobiografia, ficção, ensaio ou poesia, apresentando uma mistura de todas elas ao mesmo tempo, assim como a performática poeta, compositora, escritora e artista plástica Patti Smith, sem falar nas citaçoes musicais e literárias que extrapolam em muito as referências locais da cultura norte-americana.

Por outro lado, a autora exercita uma técnica pouco explorada nas suas outras obras, a influência do inconsciente ou um certo estado alucinatório na narrativa, fazendo com que o limite entre sonho e realidade se torne indistinto. A prosa poética original foi preservada na excelente tradução de Camila von …

Vencedores do Prêmio São Paulo de Literatura 2019

Imagem
Divulgados os vencedores da 12ª edição do Prêmio São Paulo de Literatura, versão 2019. A premiação, promovida pelo Governo do Estado de São Paulo, foi dividida este ano em duas categorias: “Melhor Romance de Ficção do Ano de 2018” e “Melhor Romance de Ficção de Estreia do Ano de 2018”, cada um receberá um prêmio de R$ 200 mil. Mesmo com a redução de uma categoria neste ano, ainda é o maior concurso literário do Brasil em premiação individual para o gênero.

Na categoria de “Melhor Romance de Ficção do Ano de 2018” a carioca Ana Paula Maia levou pela segunda vez seguida o Prêmio São Paulo de Literatura, dessa vez com Enterre Seus Mortos (Editora Companhia das Letras). Ela já havia vencido em 2018 com o livro Assim na Terra Como Embaixo da Terra. Na categoria de “Melhor Romance de Ficção de Estreia do Ano de 2018” o vencedor foi Tiago Ferro com O Pai da Menina Morta (Editora Todavia).

Nicole Krauss - Floresta Escura

Imagem
Nicole Krauss - Floresta Escura - Editora Companhia das Letras - 304 Páginas - Tradução de Sara Grünhagen - Lançamento: 2018

A escritora norte-americana de ascendência judaica Nicole Krauss é reconhecida pela crítica como um nome de destaque na literatura contemporânea em língua inglesa. No seu quarto romance, Floresta Escura, ela apresenta uma curiosa reflexão sobre perda e transformação. Em narrativas paralelas e capítulos alternados, descreve a saga de dois protagonistas que não têm nada em comum, exceto o desconforto com suas vidas atuais. Jules Epstein é um advogado de 68 anos que decide doar grande parte de sua riqueza, após a morte dos pais e o seu processo de divórcio. Já Nicole (sem sobrenome), é uma personagem que evidencia um mecanismo claro de metaficção, ela é uma autora com a carreira já consolidada, mas que passa por um bloqueio criativo para escrever o próximo romance.

A narrativa tem início com o desaparecimento de Jules Epstein em Tel Aviv, com a família e amigos perpl…

Finalistas do Prêmio Oceanos 2019

Imagem
Divulgados os dez finalistas do Prêmio Oceanos de Literatura, versão 2019. Dentro da proposta de configurar um instantâneo da produção literária em língua portuguesa nos diferentes gêneros e representando diferentes países, classificaram-se nove romances e uma coletânea de contos. Neste ano, nenhum livro de poesia, acho difícil entender este critério! Concorrem ao prêmio cinco brasileiros, quatro portugueses e um angolano.

A partir de 2015 o Prêmio Portugal Telecom de Literatura foi cancelado pelos antigos patrocinadores, passando a ser chamado de Oceanos - Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa e patrocinado pelo Itaú Cultural. Segundo informações da organização, a edição de 2019 assinalou um recorde de livros concorrentes: 1.467 obras de 14 editoras e 10 países tiveram inscrição validada pela Curadoria do prêmio.

Este anos serão escolhidas três obras vencedoras que serão divulgadas no dia 5 de dezembro, no Itaú Cultural, em cerimônia aberta ao público e transmitida ao vivo pelo si…

Deborah Dornellas - Por cima do mar

Imagem
Deborah Dornellas - Por cima do mar - Editora Patuá - 360 Páginas - Projeto gráfico de Beatriz Agnelli - Ilustrações de Deborah Dornellas - Orelha de Lilia Guerra - Lançamento: 2018.
O romance de estreia de Deborah Dornellas, vencedor do Prêmio Casa de Las Américas, categoria Literatura Brasileira, surpreende pelo cuidado e veracidade na criação da protagonista, Lígia Vitalina da Conceição Brasil, uma mulher negra que relembra passagens de sua vida desde a infância pobre em Ceilândia até o tempo presente, já casada e morando em Angola. Uma obra que reflete sobre a diáspora dos africanos "que ficaram pelo caminho, mortos nos porões dos navios-túmulos e jogados ao mar-túmulo" ou "mortos logo ao chegar à terra estranha". A personagem faz uma travessia Atlântica inversa, retornando ao local de origem dos antepassados.

Lígia Vitalina é uma excluída do sistema assim como o pai, um dos muitos trabalhadores que imigraram para construir a cidade de Brasilia e, depois, apelida…

Finalistas do Prêmio Jabuti 2019

Imagem
Divulgados os cinco finalistas de cada uma das categorias da 61ª edição do Prêmio Jabuti. Os primeiros colocados receberão o troféu Jabuti e um prêmio bruto no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais). A premiação "Livro do Ano" será concedida à obra com a maior média atribuída pelo corpo de jurados com o prêmio em dinheiro no valor bruto de R$ 100 mil.

Para a versão 2019, o evento considerou a divisão em quatro eixos: Literatura (Conto, Crônica, HQ, Infantil, Juvenil, Poesia e Romance), Ensaio (Artes, Biografia, Documentário e Reportagens, Economia Criativa e Humanidades), Livro (Capa, Ilustração, Impressão, Projeto Gráfico e Tradução) e Inovação (Fomento à Leitura e Livro Brasileiro Publicado no Exterior).

Os vencedores serão conhecidos no dia 28 de novembro. Abaixo os cinco finalistas das categorias de romance, conto e poesia da edição 2019 do Prêmio Jabuti (clique aqui para conhecer os finalistas de todas as 19 categorias):

Categoria Romance

A tirania do amor - Cristovão T…

Roger Lombardi - Primeiros dias do verão eterno

Imagem
Roger Lombardi - Primeiros dias do verão eterno - Editora Patuá - 184 Páginas - Ilustração, Projeto gráfico e Diagramação de Leonardo Mathias - Lançamento: 2018.
Os oito contos desta antologia de Roger Lombardi apresentam uma personalidade própria no amplo gênero que se convencionou chamar de literatura fantástica. Na verdade, sem que o autor indique uma localização precisa no tempo e no espaço, algumas das narrativas assemelham-se a fábulas religiosas, contudo, essa impressão é desfeita ao percebermos como não existe qualquer conceito moral ou místico norteando as ações de todos os personagens, que se tornam reféns de situações insólitas, algumas vezes violentas, como se fossem prisioneiros de um destino implacável do qual não há escapatória.

No conto de abertura, Josué tem certeza de que as três maçãs que encontrou penduradas nos galhos de sua macieira – grandes como abóboras e vermelhas como sangue – só podem ser um presente de Deus que ele, infelizmente, não consegue entender. O mil…

Virginie Despentes - A vida de Vernon Subutex

Imagem
Virginie Despentes - A vida de Vernon Subutex - Volume 1 - Editora Companhia das Letras - 336 Páginas - Tradução de Marcela Vieira - Capa de Tereza Bettinardi - Lançamento: 29/08/2019 (Ler aqui um trecho em pdf disponibilizado pela Editora)
A escritora e cineasta francesa Virginie Despentes foi selecionada entre os seis finalistas (shortlist) com este livro na versão internacional do Booker Prize 2018, em uma edição muito concorrida que acabou premiando a polonesa Olga Tokarczuk com o romance Flights, traduzido e lançado no Brasil em 2014 como Os Vagantes pela editora Tinta Negra. A mesma Olga Tokarczuk foi anunciada novamente este mês com mais uma premiação importante, o Nobel de Literatura 2018, para se ter uma ideia do nível dos finalistas do Booker International Prize em 2018. 

O primeiro volume da ambiciosa trilogia A vida de Vernon Subutex a ser lançado no Brasil é uma grande sátira de costumes da sociedade francesa e de todo o nosso mundo globalizado de uma forma geral. Desde os …

André Balaio - Quebranto

Imagem
André Balaio - Quebranto - Editora Patuá - 128 Páginas - Ilustração, Projeto gráfico e Diagramação de Luyse Costa - Lançamento: 2018.

Quando escrevemos sobre o gênero de terror ou sobrenatural é impossível não citar o atormentado mestre Edgar Allan Poe (1809-1849), o escritor que melhor soube representar o fascínio exercido pela morte e o nosso medo ancestral do desconhecido. Já na escola fantástica dos argentinos Borges e Cortázar, o assombro ocorre em situações comuns do cotidiano quando os contornos entre real e imaginário se confundem, surpreendendo o leitor. 

Nos treze contos desta antologia do pernambucano André Balaio ocorre uma fusão entre esses estilos. O autor parte de um texto de cunho regionalista, inclusive com citações a lendas urbanas populares no Recife, para tratar de sentimentos universais. O conto de abertura, por exemplo, "O lado de lá" (vencedor do prêmio Off FLIP 2016), já deixa explícito o caráter humanista e original que será desenvolvido no decorrer do…

Finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura 2019

Imagem
Divulgada a lista dos finalistas da 12ª edição do Prêmio São Paulo de Literatura, versão 2019. Serão selecionados um autor pela categoria “Melhor Romance de Ficção do Ano de 2018” e um como “Melhor Romance de Ficção de Estreia do Ano de 2018”, cada um receberá um prêmio de R$ 200 mil. Mesmo com a redução de uma categoria neste ano, ainda é o maior concurso literário do Brasil em premiação individual para o gênero.

Fico feliz de ter resenhado aqui no Mundo de K alguns dos finalistas (sigam os links para as resenhas completas): A biblioteca elementar de Alberto Mussa, Eufrates de André de Leones, Do lado de dentro do mar de Daniela Stoll e Entre as mãos de Juliana Leite. Desejo boa sorte a todos! Segue a relação de autores finalistas e editoras desta edição:

Melhor Romance de Ficção de 2018

Alberto Mussa - A biblioteca elementar (Record)
Ana Paula Maia - Enterre seus mortos (Companhia das Letras)
André de Leones - Eufrates (José Olympio)
Carola Saavedra - Com armas sonolentas (Companhia …

Margaret Atwood e Bernardine Evaristo dividem o Booker Prize 2019

Imagem
Divulgado o vencedor, ou melhor, as vencedoras do Booker Prize 2019: a canadense Margaret Atwood e a anglo-nigeriana Bernardine Evaristo dividiram o prêmio em decisão que só ocorreu duas vezes desde a criação do Booker em 1969, a primeira em 1974 (Nadine Gordimer / Stanley Middleton) e a segunda em 1992 (Michael Ondaatje / Barry Unsworth).

Margaret Atwood já era considerada favorita, a surpresa ficou por conta de Bernardine Evaristo que superou Salman Rushdie entre os finalistas. Nascida de pais ingleses e nigerianos, Bernardine Evaristo é autora de oito livros e ensina escrita criativa na Universidade de Brunel, em Londres. O livro narra a história de 12 personagens dos séculos XX e XXI, a maior parte das quais são mulheres negras vivendo no Reino Unido.

O romance de Margaret Atwood, uma continuação de O conto da Aia ganha uma publicidade formidável com a premiação, embora nem precisasse depois da famosa série para TV: The Handmaid's Tale. Este é o segundo Booker Prize atribuído à …

Tércia Montenegro - Em plena luz

Imagem
Tércia Montenegro - Em plena luz - Editora Companhia das Letras - 160 Páginas - Capa de Tereza Bettinardi - Foto de Geraldo de Barros / Acervo Instituto Moreira Salles - Lançamento: 2019.
E, enfim, o aguardado segundo romance de Tércia Montenegro, após o premiado Turismo para cegos (Companhia das Letras, 2015), a autora lança agora Em plena luz, no qual volta a escrever com a mesma sensibilidade e originalidade sobre aspectos inusitados dos relacionamentos afetivos em nossa época. A narrativa é ambientada em três cidades, em função das sucessivas decepções e crises emocionais da protagonista em permanente estado de fuga, a partir de Fortaleza, sua cidade natal, passando por Paris, na pequena Liège na Bélgica e de volta a Fortaleza.

O romance tem início em Fortaleza, no tempo presente, onde Lu, como é chamada simplesmente a protagonista (na verdade, Lucrécia Ramos como descobrimos mais adiante, um nome que ela detesta), relembra eventos do seu passado recente na Europa ao ser entrevistad…

Vencedores do Prêmio Literário Biblioteca Nacional 2019

Imagem
Divulgados os vencedores das nove categorias do Prêmio Literário Biblioteca Nacional, versão 2019. Neste ano, a organização considerou as obras, em primeira edição, publicadas e impressas no período de 1º de maio de 2018 a 30 de abril de 2019, em dia com a Lei do Depósito Legal (Lei n.10.994, de 14 de dezembro de 2004) e que possuam número de registro ISBN válido no Brasil.

Realizado anualmente desde 1994, o Prêmio Literário Biblioteca Nacional contempla autores, tradutores e projetistas gráficos brasileiros em nove categorias: poesia, romance, conto, ensaio social, ensaio literário, tradução, projeto gráfico, literatura infantil e literatura juvenil. 

Categoria Conto – Prêmio Clarice Lispector

Vencedora: Kafkianas / Elvira Vigna / Todavia.
2º lugar: Um exu em Nova York / Cidinha da Silva / Pallas.
3º lugar: Sebastopol: três contos / Emilio Fraia / Alfaguara.

Categoria Ensaio Literário – Prêmio Mário de Andrade

Vencedor: Maquinação do mundo: Drummond e a mineração / José Miguel Wisnik …

Olga Tokarczuk e Peter Handke levam o Prêmio Nobel de Literatura de 2018 e 2019

Imagem
A polonesa Olga Tokarczuk e o dramaturgo austríaco Peter Handke são os vencedores do Nobel de Literatura de 2018 e 2019. Depois de "pular" um ano em decorrência dos escândalos de assédio sexual e vazamento de informações, a Academia divulga dois vencedores de uma só vez, cada um levará um prêmio de 9 milhões de coroas suecas ou o equivalente a R$ 3,7 milhões, nada mal para a área de literatura não é mesmo?

Olga Tokarczuk foi a vencedora do Man Booker International Prize versão 2018 com o romance Flights, lançado no Brasil em 2014 como Os Vagantes pela editora Tinta Negra. O livro narra as histórias de várias personagens como o anatomista holandês do século XVII Philip Verheyen, que descobriu o tendão de Aquiles, passando por um escravo tornado cortesão do século XVIII na Áustria, até uma mulher, no presente, que acompanha o seu marido num cruzeiro nas ilhas gregas. Ela terá um novo romance lançado no Brasil pela Editora Todavia em novembro, Sobre os ossos dos mortos.

Peter Han…

Tomas Rosenfeld - Vão livre

Imagem
Tomas Rosenfeld - Vão livre - Editora Reformatório - 180 Páginas - Imagens de capa e interna: Tânia Ralston - Design e editoração eletrônica: Negrito Produção Editorial - Lançamento: 2019

Um jovem casal holandês, Kees e Karin, decide assumir um inusitado desafio, doar todo o dinheiro acumulado na curta carreira profissional de Kees, então com trinta e quatro anos, e iniciar uma nova vida fora da Holanda com as duas filhas pequenas, reservando apenas os recursos necessários para a compra de uma casa em São Paulo. Ao longo do romance ficará mais claro para o leitor os motivos que levaram a essa mudança radical, assim como os perfis psicológicos e as diferentes aspirações dos personagens em uma estrutura de narrativas alternadas em primeira pessoa.

O fato é que toda a família deverá enfrentar as barreiras de adptação aos costumes brasileiros e as dificuldades do aprendizado de uma nova língua, particularmente para as crianças na escola, e uma nova divisão de responsabilidades para o casal,…

Finalistas do Prêmio Jabuti 2019

Imagem
Divulgados os finalistas de cada uma das categorias da 61ª edição do Prêmio Jabuti. Os primeiros colocados receberão o troféu Jabuti e um prêmio bruto no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais). A premiação "Livro do Ano" será concedida à obra com a maior média atribuída pelo corpo de jurados com o prêmio em dinheiro no valor bruto de R$ 100 mil.

Fico feliz de ter resenhado aqui no Mundo de K alguns dos finalistas, todos excelentes livros (sigam os links para as resenhas completas) na categoria de Romance: A biblioteca elementarde Alberto Mussa, Entre as mãos de Juliana Leite e Eufrates de André de Leones; na categoria de Conto: Bagageiro - Marcelino Freire.

Para a versão 2019, a premiação se dividiu em quatro eixos: Literatura (Conto, Crônica, HQ, Infantil, Juvenil, Poesia e Romance), Ensaio (Artes, Biografia, Documentário e Reportagens, Economia Criativa e Humanidades), Livro (Capa, Ilustração, Impressão, Projeto Gráfico e Tradução) e Inovação (Fomento à Leitura e Livro Brasi…
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...