Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2018

Zadie Smith - Ritmo Louco

Imagem
Zadie Smith - Ritmo Louco (título original: Swing Time) - Editora Companhia das Letras - 528 Páginas - Tradução: Daniel Galera - Capa: Carlos di Celio - Lançamento no Brasil: 26/10/2018.

Ritmo Louco (Swing Time) é o quinto romance da bem-sucedida bibliografia de Zadie Smith, hoje uma referência na literatura contemporânea em língua inglesa (ler as resenhas de Sobre a Beleza e NW). Filha de mãe jamaicana e pai inglês, assim como sua protagonista e narradora sem nome neste livro, a autora volta a escrever sobre alguns temas recorrentes em suas obras anteriores, a partir do ponto de vista de uma mulher negra e pobre que enfrenta conflitos familiares e tenta encontrar formas de crescimento e participação em uma sociedade de oportunidades desiguais. 
No entanto, apesar da ótica feminista e do caráter de denúncia social e preconceito racial, o livro não se enquadra somente nessas categorias e é, antes de tudo, um romance de formação sobre a amizade e afastamento entre duas mulheres, desde a i…

Vencedores do Prêmio Literário Biblioteca Nacional 2018

Imagem
Divulgados os vencedores das nove categorias do Prêmio Literário Biblioteca Nacional, versão 2018. Neste ano, a organização considerou as obras, em primeira edição, publicadas e impressas no período de 1º de maio de 2017 a 30 de abril de 2018, em dia com a Lei do Depósito Legal (Lei n.10.994, de 14 de dezembro de 2004) e que possuam número de registro ISBN válido no Brasil.

Realizado anualmente desde 1994, o Prêmio Literário Biblioteca Nacional contempla autores, tradutores e projetistas gráficos brasileiros em nove categorias: poesia, romance, conto, ensaio social, ensaio literário, tradução, projeto gráfico, literatura infantil e literatura juvenil.

Categoria Conto – Prêmio Clarice Lispector

Vencedor: Gustavo Pacheco, com a obra “Alguns humanos”, Tinta-da-China.
2º lugar: Pedro de Souza, com a obra “Zoografia: zooalgia”, Nankin Editorial.
3º lugar: Noemi Jaffe, com a obra “Não está mais aqui quem falou”, Companhia das Letras. 

Categoria Ensaio Literário – Prêmio Mário de Andrade

Venced…

Tobias Carvalho - As coisas

Imagem
Tobias Carvalho - As coisas - Editora Record - 144 Páginas - Capa: Renan Araujo - Lançamento: 22/10/2018.
Vencedor do prêmio Sesc de Literatura de 2018 na categoria de contos, Tobias Carvalho apresenta uma variedade de técnicas narrativas em As coisas, mas sempre com base em uma mesma unidade temática, que ainda enfrenta barreiras para encontrar espaço na literatura brasileira, os encontros e desencontros de um jovem homossexual em nossa época de redes sociais e aplicativos de encontros sexuais. O texto, direto e sem concessões, descreve uma realidade que ainda tem muito de clandestina e é ignorada ou evitada por grande parte da sociedade brasileira, com poucos autores dedicados, como o já clássico Caio Fernando Abreu ou, mais recentemente, João Silvério Trevisan.

Normalmente, como não poderia deixar de ser, trata-se de uma literatura de resistência, marginalizada e impregnada de contestação e ativismo político. No entanto, seria uma injustiça com Tobias Carvalho, aprisionar o seu livro…

Vencedores do Prêmio Jabuti 2018

Imagem
O cearense Mailson Furtado Viana venceu a 60ª edição do Prêmio Jabuti, o mais tradicional troféu literário do Brasil, na categoria Poesia e também foi escolhido pela organização como livro do ano. A obra "à cidade" foi publicada de forma independente, o que pode inspirar outros autores sem contratos com editoras. Segundo matéria do jornal Estadão:
Esse livro foi todo feito à mão, inclusive o desenho da capa é meu”, disse o autor, emocionado, no palco. “Estou ainda mais feliz porque é uma obra que narra sobre o meu lugar. Uma cidade (Varjota) que nasceu há menos de 50 anos e nunca entrou em nenhum registro bibliográfico.”O prêmio de Romance do ano  foi para Carol Bensimon, por "Clube dos Jardineiros de Fumaça" da Editora Companhia das Letras, e Maria Fernanda Elias Maglio levou o primeiro lugar na categoria Contos com ""Enfim, Imperatriz", lançamento da valente editora independente Patuá. 

Segue abaixo a relação completa de vencedores de cada uma das de…

Juliana Leite - Entre as mãos

Imagem
Juliana Leite - Entre as mãos - Editora Record - 256 Páginas - Capa de Leonardo Iaccarino sobre ilustração de Jeanie Tomanek (Paper Doll, óleo e colagem, 2009) - Lançamento: 22/10/2018.
Romance vencedor do prêmio Sesc de Literatura de 2018, Entre as mãos surpreende pela originalidade na construção do texto e uma segurança difícil de se encontrar em uma autora estreante. Alternando passado, presente e futuro, assim como diferentes vozes narrativas, Juliana Leite apresenta ao leitor uma sofrida protagonista chamada Magdalena, jovem tecelã que sobrevive a um grave acidente, passando por um longo período em coma no hospital e um posterior processo de reaprendizado da fala e de reconstrução do corpo, incluindo uma das mãos, severamente queimada, em uma imagem que é uma das chaves do livro: "usar as mãos para sobreviver".

Na verdade, o tema principal do romance é a sobrevivência em um sentido bem mais amplo do que a recuperação física devido aos efeitos brutais do acidente. Magdalen…

Vencedores do Prêmio São Paulo de Literatura 2018

Imagem
Divulgados os vencedores do Prêmio São Paulo de Literatura, versão 2018. A premiação, promovida pelo Governo do Estado de São Paulo, é dividida em três categorias com os seguintes valores: R$ 200 mil, na categoria Melhor Livro de Romance do Ano; R$ 100 mil, na categoria Melhor Livro de Romance do Ano – Autor Estreante com até 40 anos e R$ 100 mil, na categoria Melhor Livro de Romance do Ano – Autor Estreante com mais de 40 anos. Todos os livros foram publicados em 2017.

Este ano temos três mulheres com três livros fortes dividindo a premiação: Ana Paula Maia (Editora Record), Aline Bei (Editora Nós) e Cristina Judar (Editora Reformatório). Fico particularmente feliz pelo reconhecimento para a jovem escritora Aline Bei que resenhei este ano aqui na página (Ler aqui resenha completa para O Peso do Pássaro Morto). Outra boa notícia é a escolha de duas editoras independentes: Nós e Reformatório. Segue relação das vencedoras com resumo biográfico disponibilizado pela organização e sinopse …
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...