Cadernos de Literatura

Instituto Moreira Salles

O Instituto Moreira Salles liberou em seu site mais edições digitalizadas dos Cadernos de Literatura Brasileira. Machado de Assis, Euclides da Cunha, Mario Quintana e Ferreira Gullar. A série apresenta entrevistas, ensaios, depoimentos, manuscritos inéditos e registros fotográficos sobre os principais autores brasileiros. Esta é uma postagem de utilidade pública!

Segundo informações do site, o Instituto Moreira Salles (IMS) é uma entidade civil sem fins lucrativos que tem por finalidade exclusiva a promoção e o desenvolvimento de programas culturais. Seu acervo reúne cerca de 550 mil fotografias, 100 mil músicas (entre as quais, 25 mil gravações digitalizadas), uma biblioteca com 400 mil itens (quase 90 mil deles catalogados) e uma pinacoteca com mais de três mil obras. O projeto de digitalização dos Cadernos de Literatura foi iniciado em maio de 2011 com as edições de Carlos Heitor Cony, Clarice Lispector, Érico Veríssimo e Millôr Fernandes.

Comentários

Lady Cronopio disse…
Sempre me admira esta sua capacidade infinita de compartilhar o belo, o bom, o salutar, o imperdível...
Abraços.
Alexandre Kovacs disse…
Lady Cronopio / Alba, obrigado pela gentileza!
Bia Machado disse…
Oba! Adorei, vou ler e já compartilhei! Obrigada!
deise disse…
Que maravilha!!!
Alexandre Kovacs disse…
Bia, obrigado a você pela visita!
Alexandre Kovacs disse…
Deise, verdadeira utilidade pública!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

As 20 obras mais importantes da literatura brasileira

As 20 obras mais importantes da literatura portuguesa

As 20 obras mais importantes da literatura francesa

As 20 obras mais importantes da literatura italiana

As 20 obras mais importantes da literatura dos Estados Unidos

20 grandes escritoras brasileiras