20 personagens femininas da literatura mundial

Literatura

Gosto muito de consultar e opinar sobre listas de melhores autores de determinado período ou melhores livros etc, mas eu confesso que nunca fui muito bom em prepará-las, acabo sempre misturando épocas e estilos e comparando o que não é comparável. Certamente existem na Internet pessoas com mais habilidade e qualificação nesta área. De qualquer forma, tentei no exercício abaixo, que não pretende ser definitivo, lembrar de personagens femininas marcantes da literatura mundial de várias épocas. Assinalei o nome do personagem, autor, livro de origem e ano da publicação, sendo a sequência meramente cronológica. Há exemplos de heroínas clássicas de tragédias até os autores mais modernos com seus personagens cheios de conflitos existenciais. Como toda lista, está pronta para ser contestada. Na minha avaliação final achei a seleção representativa, mas um pouco óbvia, aceito sugestões!

01. Penélope - Homero - Odisséia (tradição oral)

02. Scheherazade - As Mil e Uma Noites (contos populares)

03. Beatrice Portinari - Dante Alighieri - A Divina Comédia (1321)

04. Julieta Capuleto - William Shakespeare - Romeu e Julieta (1596)

05. Dulcinea del Toboso - Miguel de Cervantes - Dom Quixote (1605)

06. Marguerite Gautier - A. Dumas Filho - Dama das Camélias (1847)

07. Catherine Earnshaw - Emily Brontë - Morro Ventos Uivantes (1847)

08. Annabel Lee - Edgar Allan Poe - Manuscrito (1849)

09. Ema Bovary - Gustave Flaubert - Madame Bovary (1856)

10. Nastácia Filíppovna - Fiódor Dostoiévski - O Idiota (1868)

11. Ana Karenina - Leon Tolstói - Ana Karenina (1875)

12. Capitu - Machado de Assis - Dom Casmurro (1899)

13. Molly Bloom - James Joyce - Ulysses (1922)

14. Clarissa Dalloway - Virginia Woolf - Mrs. Dalloway (1925)

15. Mitsuko Tokumitsu - Junichiro Tanizaki - Voragem (1928)

16. Constance Reid - D H Lawrence - Amante Lady Chatterley (1928)

17. Lolita - Vladimir Nabokov - Lolita (1955)

18. Úrsula Iguarán - G. G. Márquez - Cem Anos de Solidão (1967)

19. Mulher do Médico - J. Saramago - Ensaio Sobre a Cegueira (1995)

20. Briony Tallis - Ian McEwan - Reparação (2001)

Comentários

Anônimo disse…
Ai que emoção! vou ser a primeira a comentar!
Não sei se é identificação ou desejo de um dia ser como ela.
Úrsula Iguarán é a minha personagem! Não esqueço daquela passagem em que já cega, ela não deixava ninguém perceber, justamente porque como matriarca da família ela não queria deixar transparecer algum tipo de fragilidade... Formidável!

Beijos!
Suzana
Alessandro Martins disse…
Obrigado pela citação, muito embora eu ache que o Paulo iria muito melhor na tarefa que eu... você certamente se saiu muito bem na listagem... Abraços!
Kovacs disse…
Suzana, excelente escolha! Úrsula Iguarán, esposa de José Arcadio Buendía, matriarca da família composta por sete gerações de personagens inesquecíveis no fantástico "Cem Anos de Solidão" e que parou de contar sua idade aos 115 anos.
Kovacs disse…
Alessandro, muito grato pela visita e comentário! Um grande incentivo para que eu continue tentando escrever.
André disse…
Só vale personagens ou também vale levar as autoras pra cama? ;)

Bela lista, abraço!
daisy carvalho disse…
Para mim é perfeita, não morro sem conhecer muitas delas. Homem,não seja modeto, essa lista é um banho de cultura e bom gosto.
Parabéns, amigo! E beijos!
Kovacs disse…
André, seu comentário chama a atenção para um fato interessante: entre os criadores das 20 personagens, só há duas mulheres.

Portanto, a questão que pode ser levantada é quanto à autenticidade da alma feminina presente nas personagens. Seriam as mesmas reais ou apenas o resultado das aspirações dos autores?

Obrigado pela visita e volte sempre!
Kovacs disse…
Daisy, obrigado pela visita e elogio. Não há como questionar o valor literário das escolhas. Só acho que a lista ficou um pouco óbvia. De qualquer forma fico contente que você tenha gostado!
daisy carvalho disse…
Já que estou à vontade, vou admitir que amo Vladimir Nabokov, uma maneira de escrever de forma que pude ficar dentro do seu universo. A lista é minimizada, jamais óbvia, até porque, se parece drástica pelo quesito "universal", o melhor é procurar ler mesmo. Para mim, vir aqui, no mundo de K, é fazer contatos de não sei que grau, mas é muito bom mesmo, "K" é realmente um mundo... de humildade literária, um cara de bom gosto, o cara!
Parbéns outra vez :)

ps - Virgínia, ai, Virgínia...


ps2 - ... mas quero te mostrar um mundo de autores novos, contemporaneamente brasileiros ;)

Beijos...
Sonia disse…
Entre tantas personagens inesquecíveis acho que vou mencionar a Kathy, do Morro dos ventos uivantes, meu livro cult por excelência. E a Emília, de Monteiro Lobato, que ajudou a moldar meu jeito de ser.
Kovacs disse…
Sonia, obrigado pela visita. É uma escolha muito boa, pois acho que "O morro dos ventos uivantes" é um romance trágico e belo, muito a frente de seu tempo.

Quanto a Emília bem que poderia ter sido inserida nesta lista, ficaria bem original...
Leila Silva disse…
Muito boa essa lista...não faço muito, mas adoro listas.
Estou acabando de ler agora, agora mesmo, Rumo ao Farol. Sem dúvida, as duas personagens de V. Woolf que vc colocou aí fariam parte de uma lista minha tb. Ah...Lolita tb.
Enfim, vou tentar elaborar a minha.
Abraços
Kovacs disse…
Leila, estarei comentando a sua lista assim que for publicada lá no seu excelente "Cadernos da Bélgica" uma página que costumo visitar sempre.
myra disse…
vir aqui é se encher ainda mais de cultura!!! achei otimo, querido amigo!

sabe é uma pena que ninguem leu o que coloquei no blog de meu iramo:" Por Falar em Vicios", é uma coisa que escreveu e acho otima...conheço varias pessoas, entre elas eu, que nao gostam de fazer compras:)))

grande abraço!"!
JLM disse…
a raquel toledo tb fez a top5 dela: http://blog.meiapalavra.com.br/2012/04/22/a-famigerada-lista-de-raquel-toledo-personagens-femininas/
Anônimo disse…
Eu tiraria Nastácia Filíppovna e incluiria Molly Bloom de Ulysses do James Joyce.
No mais, que seleção! Parabéns!
Alexandre Kovacs disse…
Anônimo, você tem razão sobre Molly Bloom. É imperdoável que ela tenha ficado de fora. Obrigado pelo comentário!
Karina de Sá disse…
Ana Karenina de Tólstoi, uma das personagens mais sensíveis e densas da literatura. Inesquecível..
Alexandre Kovacs disse…
Karina, obrigado pela visita e comentário.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

As 20 obras mais importantes da literatura brasileira

As 20 melhores distopias da literatura

As 20 obras mais importantes da literatura italiana

As 20 obras mais importantes da literatura francesa

20 grandes escritoras brasileiras

As 20 obras mais importantes da literatura portuguesa