Colette Calascione

Wild Rose (2009) Wild Rose (2009) - 16" x 20"

A americana Colette Calascione, nascida em San Francisco, 1971, reside atualmente em Nova York com trabalhos expostos na galeria Nancy Hoffman. Suas pinturas são inspiradas por imagens de livros e até mesmo fotos da era Vitoriana que ela transforma para criar retratos de mulheres em um estilo surrealista.

Bliss Ninny (2009)Bliss Ninny (2009) - 16" x 20"

Achei bem difícil selecionar apenas algumas amostras do trabalho dela, mas recomendo que visitem a página oficial para conhecer os trabalhos mais recentes ou antigos. Garanto que vocês perderão, ou melhor, ganharão algum tempo por lá.

Phoenix Moon (2009)
Phoenix Moon (2009) - 16" x 20"

Conheci esta artista através da página Femme Femme Femme, uma ótima dica para quem gosta de arte e mulheres, não necessariamente nesta ordem.

Comentários

Iêda disse…
Olá,

Não conhecia o trabalho dela e gostei muito das imagens. Obrigada por compartilhar suas descobertas!

Abraços,

Iêda
Wania disse…
Kovacs querido

Já conhecia Colette Calascione atrávés do blog de uma amiga muito querida (Betina do Versos&idéias)) que é fã dela e tb me encantei. Não é para menos, não é mesmo? Suas telas são belíssimas e cheias de significado!

Vou dar uma passeada nas tuas dicas, mas, por certo, irei adorar tb!

Obrigada pela partilha!

Bjão
Susy Freitas disse…
muito boa a dica. o trabalho da colette me lembrou bastante aquele vitral que a personagem do jeff bridges pinta em "a vida em preto e branco". =)
myra disse…
nao conhecia esta pintora! achei muito bom!!
bem, estou um pouco fora do mundo aqui...obrigada por fazer-me conhecer tantas coisas, livros, arte, que nao conheço!
beijos e se tiver tempo:

www.gigi-e-myra.blogspot.com
Alexandre Kovacs disse…
Oi Iêda, quanto tempo não passa por aqui, fico feliz que tenha gostado das imagens.
Alexandre Kovacs disse…
Wania, fiquei com muita dificuldade em escolher apenas três imagens, vale a pena seguir os links. Obrigado pelo comentário sempre gentil!
Alexandre Kovacs disse…
fdots, o filme Pleasantville de
1998 não é? Vou assistir para tirar a dúvida! Boa dica.
Alexandre Kovacs disse…
myra, e eu que achei que você estava no centro do mundo na Europa! Brincadeiras à parte obrigado pela visita e comentário gentil, vou lá no seu blog!
Gerana Damulakis disse…
Não conhecia. Adorei. Salvei todas nas minhas imagens.
Alexandre Kovacs disse…
Gerana, imagens lindas não é mesmo? Combinam muito bem com uma postagem sobre Anaïs Nin ou Oscar Wilde!
nostodoslemos disse…
K,
Delicado demais!
Sds,
João Menéres disse…
Segui a sugestão da SELENA no Facebook e cá estou eu.
Na verdade, uma pintora a seguir de perto.

Abraços, amigo.

(E obrigado à Selena e a si).
Fotos lindas e site ótimo, vou linkar e agradecer a você, merci!
um abraço,
clara
Anônimo disse…
Olá, que imagens hein! Sou fascinada pelo trabalho dela, é um deleite para nossos olhos...e para o coração!!!!!!!!!
Beijo grande.
myra disse…
oi, amigo Kovaks, um bom domingo e um grande abraço, e estou esperando voce...se quer e tem tempo, of course...
Alexandre Kovacs disse…
Lígia, acabei escolhendo as imagens que formaram um conjunto delicado sem dúvida. Visite o site da artista onde existem outras abordagens.
Alexandre Kovacs disse…
Caro João, fiquei feliz com a sua visita, pois já conhecia o seu blog Grifo Planante e também de comentários em outros blogs amigos como o da Selena e Maria Augsta. Obrigado a você pelo comentário.
Alexandre Kovacs disse…
Clara, um link no seu blog é uma honra para o Mundo de K. Agradeço antecipadamente amiga!
Alexandre Kovacs disse…
Marli, ótimos trabalhos e com imagens lindas, obrigado pela visita e comentário!
Alexandre Kovacs disse…
Myra, vou lá visitar o seu blog. Bom final de domingo!
Unknown disse…
Ela tem uma espécie de surrealismo suave, quase imperceptível, mas quando nos quedamos a olhar, os significados saltam à vista. Ela como que nos atrai com a figura e depois surpreende com raciocínios extravagantes, mas todos belos e exóticos. Como dizendo que, se nada faz sentido mesmo, então viva a beleza. Ótimo post, aliás, como sempre. Abraços.
Alexandre Kovacs disse…
Djabal, este surrealismo é mais acentuado em outros trabalhos dela, inclusive com uma alta carga de sensualidade, como podemos constatar na página oficial que apresenta diversas pinturas.
Veja só!...Consegui um tempinho (micro!) prá visitar uns 3 ou 4 Blogs amigos...chego aqui...E SOU PRESENTEADA com um trabalho que não conhecia e achei 'a minha cara'...rsrsrsrsrs Tudo legal? Certamente! É só voltar, e ver que a carinha brilhante d K continua a mesma: caminhando para melhor e melhor... OBRIGADA! Vou aos links, CLA-RO!...
Alexandre Kovacs disse…
Christina, muito obrigado pela sua visita super simpática como sempre! Espero que consiga logo mais tempo para dedicar à blogosfera.
Cati disse…
Gracias a ti, Kovacs, un saludo.
Alexandre Kovacs disse…
Cati, gracias / obrigado e seja bem-vinda por aqui!
Nós quatro disse…
Eu vi algumas pinturas dela, e algumas são inspiradas pelo Max Ernst ou estou enganada?
Alexandre Kovacs disse…
Camila, obrigado pela visita e comentário. Acho que a Colette é bem mais suave. Quanto a Max Ernst merece uma postagem, gostei da ideia!

Postagens mais visitadas deste blog

As 20 obras mais importantes da literatura brasileira

20 grandes escritoras brasileiras

As 20 obras mais importantes da literatura portuguesa

As 20 obras mais importantes da literatura francesa

As 20 obras mais importantes da literatura dos Estados Unidos

As 20 obras mais importantes da literatura japonesa