Os Melhores Contos de Loucura - Organização Flávio Moreira da Costa

Os melhores contos de loucura - Editora Ediouro - Organização de Flávio Moreira da Costa - 400 Páginas - Lançamento: 16/04/2007.

Uma seleção de autores que conta com a qualidade e diversidade de Tchekhov, Gogol, Pirandello, Edgar Allan Poe, Charles Dickens e Machado de Assis, entre outros, não pode decepcionar qualquer leitor, por mais exigente que seja. É o que acaba ocorrendo ao longo desta antologia organizada por Flavio Moreira da Costa para a Ediouro, lançamento de 2007, onde, apesar da repetição temática, ficamos sempre surpreendidos pela qualidade dos textos.

Outra grata surpresa neste livro foi ser apresentado ao forte trabalho do uruguaio Horacio Quiroga (1878-1937) que, sem dúvida, conhecia bem o tema da loucura, pois viveu uma existência trágica, marcada pela morte violenta do pai, o suicídio do padrasto, o falecimento de dois de seus irmãos e o suicídio da primeira esposa. Horacio Quiroga acabou se suicidando também ao descobrir que sofria de um câncer gástrico. O conto "A Galinha Degolada" é uma narrativa de horror e tensão psicológica que nada fica a dever aos melhores contos de Poe.

Falando em Edgar Allan Poe (1809-1849), foram incluídos dois contos do mestre da literatura de horror nesta antologia: "O Coração Delator" que, conforme nos alerta Flavio Moreira da Costa em sua introdução, é "menos revestido dos disfarces do fantástico e do horror que outros contos de Poe e tem a loucura como tema e o louco como personagem" e também uma sátira aos tratamentos psiquiátricos da época em "O Sistema do Doutor Alcatrão e do Professor Pena".

No entanto, a minha maior satisfação nesta antologia foi reler "O Alienista" do nosso Machado de Assis (1839-1908) que representa tão bem o humor fino e a ironia do bruxo do Cosme Velho, como o chamava Carlos Drummond de Andrade. A loucura, neste conto, é apenas o pano de fundo para uma sátira feroz ao comportamento do homem em sociedade. Fica comprovado, portanto, que o trabalho de Machado de Assis pode ser incluído em qualquer seleção de literatura universal.

Em tempo, para os que ainda não conhecem, recomendo o site do Domínio Público do Governo Federal, onde toda a obra de Machado de Assis, incluindo "O Alienista", está disponível para download em formato pdf.

Comentários

Anônimo disse…
:-) acabei de ver seu comentário no alessando martins. vim ver seu blog pq gostei dele assim, de cara, por algum motivo que não consigo precisar. hahaha... vou ler seu blog.


k
Kovacs disse…
Bem que eu desconfiei que haveria uma empatia imediata.

Volte sempre!
André Gazola disse…
Eu estou numa fase em que essas antologias de contos temáticos me atraem muito.

Ora, a quem eu estou enganando? Estou mesmo em uma fase onde todos os livros me atraem, em algum sentido =)

Não garanto que eu vá comprar (a coisa anda apertada por aqui), mas gostei mto da idéia do livro.

Abraço!
Kovacs disse…
André, é como eu afirmei no texto, um livro com um time formado por Tchekhov, Gogol, Pirandello, Edgar Allan Poe, Charles Dickens e Machado de Assis, entre outros, não pode decepcionar. É uma compra com excelente relação custo / benefício!
Lady Cronopio disse…
"Contos de Loucura, Amor e Morte" de Horacio Quiroga.
...
Faz parte de um tempo na minha vida, onde este tema era recorrente em prosa, poesia, música, cinema...
Mas é um espetáculo de coletânea.
E continuo apreciando o tema (ou seriam os temas?), embora com menos, digamos, obsessão.
Kovacs disse…
Lady Cronopio, entendo que Loucura, Amor e Morte são temas recorrentes em literatura. Acho que são temas universais e verdadeiros tanto para Edgar Allan Poe quanto para Bukowski.
Eheguei aqui por acaso e adorei o seu canto. Acabei de ler esse livro...uma viagem densa, louca, um mergulho necessário para conhecer até aonde vai a loucura e aonde começa a lucidez...
Kovacs disse…
Maria, obrigado pela visita e comentário. Seja bem vinda ao meu mundo.
Lígia Guedes disse…
Kovacs,

Loucura, Amor e Morte são temas universais e verdadeiros, como tão vem relatou... rsrs

:)
Lígia Guedes disse…
Aiai...

Correção: 'bem' em substituição ao 'vem'.

Melhor deletar tudo desta vez.
Kovacs disse…
Lígia, loucura, amor e morte são os combustíveis da literatura!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

As 20 obras mais importantes da literatura brasileira

As 20 obras mais importantes da literatura portuguesa

As 20 melhores utopias da literatura

Vencedores do Prêmio Literário Biblioteca Nacional 2019

As 20 obras mais importantes da literatura francesa

As 20 obras mais importantes da literatura italiana