Biblioteca Digital Camões

Instituto Camões
O Instituto Camões acaba de disponibilizar, através da Biblioteca Digital Camões, mil e duzentos documentos representativos da cultura em língua portuguesa para consulta online sem necessidade de registros ou subscrição. Foram criadas diversas categorias como: arte, estudos literários, história, língua, literatura e música.

Segundo informação do site, a Biblioteca Digital apresenta autores e edições no domínio público, mas também edições atuais protegidas por direitos e de autores vivos. Sendo assim, existem níveis diferenciados de acesso: (1) apenas leitura, (2) leitura e impressão e (3) leitura, impressão e cópia. A licença de utilização que antecede o download de alguns títulos serve para estabelecer o direito de propriedade de alguma editora.

Finalmente, a declaração do Instituto Camões orienta quanto à finalidade ética e cultural do projeto na Internet: "A Biblioteca Digital Camões não se pretende apresentar como alternativa ou um concorrente de editoras ou livrarias. É uma biblioteca. O trabalho dos editores é insubstituível e fundamental. O reconhecimento dos responsáveis pelas edições é também uma manifestação de respeito pelas pessoas que ganham a vida a fazer e a vender livros, e que aceitaram participar conosco nesta missão de divulgação da língua e cultura portuguesas no mundo".

Vale lembrar que, no Brasil, temos a excelente página do Domínio Público, criada pelo Governo Federal, onde podemos pesquisar, por exemplo, toda a obra de Machado de Assis que está disponível para download em formato pdf.

Comentários

Lígia disse…
Bom dia!

Sem palavras!
Fico emocionada!

Boa semana!
Chico disse…
Boa Kovacs! A FBN - Fundacao Biblioteca Nacional - tambem tem um acervo imenso ja disponivel. Eventualmente te passo o link.

Mas estava eu aqui a altas horas assistindo meus filmes, e qual nao foi a surpresa. Assisti a um curta hungaro chamado Before Down e um dos roteiristas chama-se Lajos Kovács!

http://independentfilms.suite101.com/article.cfm/before_dawn_film_review

Meu caro, Abracao. Chico
Anônimo disse…
Olá Kovacs, faço minha as palavras da Ligia, fico emocionado quando vejo estas indicações, vou colocar o link e banner em minha página posso ?

Outros links interessantes dentro deste contexo são:

http://www.obrasraras.usp.br/
( link da USP - Universidade de São Paulo )

http://www.unesco-ci.org/cgi-bin/portals/libraries/page.cgi?d=1

( link do Portal de Bibliotecas da UNESCO )

http://www.bn.br/portal/

( link da Fundação Biblioteca Nacional Brasil )

enfim, no meu blog você irá encontrar vários links e tenho mais por aqui fique a vontande, e precisando qualquer coisa me avise ok.

Tudo de bom
Marcos
Ricardo C. disse…
Kovacs, mais uma das tuas preciosidades. É sempre um prazer vir aqui pescar pérolas! No meu caso mais ainda, já que tenho vc nos meus favoritos há pouco tempo, o que significa que ainda tenho muitos corredores por onde passear.
Grande abraço!
Anônimo disse…
Kovacs; coloquei o link e o banner da Biblioteca em meu blog, por gentileza veja se está de acordo ok.
abraços.
Marcos
Kovacs disse…
Cara Lígia, um bom exemplo de uso da Internet e suas facilidades sem finalidade de lucro abusivo. Existe farto material disponível para consulta que deverá ser atualizado e complementado com o tempo. Fico feliz que tenha gostado.
Kovacs disse…
Chico, o meu nome de família Kovacs foi herdado de meu pai que era húngaro. Na verdade, é um nome bastante comum na Hungria (Kovács), uma espécie de Silva aqui no Brasil.

Interessante notar que existem muitos descendentes na área de cinema, vez por outra também me deparo com um Kovacs nos títulos de algum filme.

Muita gentileza sua lembrar do amigo!
Kovacs disse…
Caro Marcos, fico contente que tenha gostado e pode utilizar todo o material disponível sem problemas. Quanto mais divulgação para a cultura melhor!

Obrigado pelos links que vou pesquisar e disponibilizar também por aqui.
Kovacs disse…
Ricardo, obrigado pelo elogio. É gratificante saber que o esforço para manter este blog é recompensado de alguma forma. Não existe recompensa melhor do que ser lido por pessoas da área de cultura.
Kovacs disse…
Marcos, o link e o banner ficaram ótimos, muito grato pela citação.
Ana T. disse…
Kovacs,
eu sou a autora de O Cão que comeu o livro: segui o link do comentário que me deixou e amei o seu blog. Vou por um link no meu blogue para o seu.
Quanto às citações de António Lobo Antunes, o que é bom é para se ler, para ser lido por todos...não me importo nada que as publique.
Beijos
Ana
Kovacs disse…
Ana, obrigado pela visita e comentário, muito bom o seu blog já com link por aqui também. António Lobo Antunes é um ótimo inventor de frases de efeito, além de excelente escritor!
Chico disse…
Kovacs, andando pelo teu blog, onde me perco e nao me canso, encontrei a resenha de O Idiota e esta frase: "Ler Dostoiévski é como iniciar um passeio ao inferno que não sabemos exatamente o quanto e como nos influenciará, mas que deixará algumas marcas [...]" Eh exatamente isso que se sente!

Comprei a obra completa da Nova Aguilar ha uns 4 anos atras e falta-me alguns importantes como os Demonios, Memorias do Subterraneo e o Idiota. Em outrubro mais ou menos terminei o Irmaos Karamazov que recomendo imenso a todos. Um livraco! Mas devo dizer que a traducao por vezes deixa um pouco a desejar. Entao resolvi deixar-lo um pouco de lado pois lendo-o tenho a ideia de que Dostoievski eh mesmo denso e imprevisivel. Isso era algo intuitivo. Terminar um autor e nao seguir lendo-o. Mas nunca conseguia encontrar a definicao exata para essa necessidade de deixar o Dostoievski dencantando um pouco mais de tempo que os outros, antes de iniciar a leitura do livro seguinte.

Bom, encontrei tua frase lapidar. Essa tais marcas das quais voce fala.
Kovacs disse…
Chico, fico realmente feliz pelo seu interesse e generosidade com o meu texto. Não podemos negar que Dostoiévski é um caso único na literatura, mesmo com o problema das antigas edições em tradução indireta do francês. Atualmente temos melhores traduções que, pelo menos, são feitas diretamente do idioma russo.

Denso e imprevisível, expressões perfeitas para definir os romances e personagens delirantes de Dostoiévski. Tão marcantes que precisam ser decantados antes de uma nova experiência.

Chico, as definições do teu comentário renovam a minha fé no valor da literatura. Uma arte perturbadora e, por isso mesmo, transformadora. Obrigado mais uma vez pela atenção na leitura dos meus textos.
Ricardo Duarte disse…
Kovacs,
E lá fui eu vasculhar o site...
Muito interessante, especialmente o vasto material de estudos literários.

(Aproveitando o assunto levantado pelo Chico, também recomendo Os irmãos Karamázov - um dos meus livros favoritos. O que é aquela sequência no bar entre Ivan e Aliéksei?)
Kovacs disse…
Caro Ricardo, conhecedor do seu gosto literário, acho que você vai encontrar muito material de interesse nesta Biblioteca Digital.

Com relação ao romance "Os irmãos Karamázov" está na minha lista deste ano!
Blog do Beagle disse…
Tanta informação!!! Precisarei de muito tempo para visitar todos os links e conhecer essa bibilioteca e depois, abrir livro por livro para ler. Muito bom. Obrigada. Elza
Kovacs disse…
Blog do Beagle - Elza, são tantos livros para ler que a vida podia ser mais longa não acha?
Armando Maynard disse…
Caro Kovacs, vivemos uma época privilegiada, principalmente para quem tem curiosidade cultural, pois nunca foi tão fácil pesquisar como hoje, com esta fantástica ferramenta que é a internet, possibilitando o acesso fácil e imediato a arquivos preciosos, tudo limpinho sem odor nem poeira, consequentemente sem espirros. Um abraço, Armando
Kovacs disse…
Armando, é uma questão muito interessante a que você levantou já que o homem parece ficar cada vez mais preguiçoso apesar das poderosas ferramentas disponíveis. É como eu sempre digo: muita informação e pouca formação!

Ah sim, livro digital é ótimo, mas eu adoro o cheiro e textura dos livros, sei que é meio fetichista, mas que se há de fazer?
LA STREGA disse…
Ótima notícia!
Bjos.
Kovacs disse…
La Strega, Recomendo a visita para avaliação do material disponível. Excelente iniciativa do Instituto Camões.
Corydora disse…
Nossa, estou realmente feliz com estas iniciativas de expandir, disponiblizar e popularizar estas riquezas literárias.

Devidamente colocados em meu cantinho do blog para não perdê-los de vista.... e nem de inspiração!

"Que seja eterno enquanto dure, posto que é chama"...

Paz e bem!
Kovacs disse…
Corydora, quanto mais divulgação melhor. Obrigado pela visita e comentário.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

As 20 obras mais importantes da literatura brasileira

As 20 obras mais importantes da literatura portuguesa

20 grandes escritoras brasileiras

Vencedores do Prêmio Sesc de Literatura 2019

As 20 melhores distopias da literatura

As 20 obras mais importantes da literatura italiana