João Tordo - As três vidas

Literatura portuguesa
João Tordo - As três vidas - Editora Língua Geral - 608 páginas - Lançamento 2010 (ler aqui o primeiro capítulo).

Vencedor do prêmio José Saramago 2009 e finalista do Portugal Telecom 2011, este terceiro romance do jovem autor português João Tordo é difícil de definir, pois através da misteriosa história de Antônio Augusto Millhouse Pascal, uma espécie de psicanalista especializado em hipnose induzida por drogas químicas e narrada pelo seu secretário particular, acaba se confundindo com os principais eventos políticos do século XX, tais como a Segunda Grande Guerra e as revoluções da América Central, pois os "pacientes" da estranha terapia de psicanálise são todos originários de setores da inteligência da Gestapo, CIA e Stasi, entre outros.

Em contraponto ao suspense gerado pelas sinistras atividades de seu empregador, o protagonista se envolve afetivamente  com os três netos de Millhouse Pascal: Gustavo, Camila e Nina. Especialmente por Camila, uma adepta do funambulismo que, como eu descobri durante a leitura deste romance, é uma arte de origem circense com base em habilidades de equilibrismo e que consiste em caminhar sobre uma corda tensionada em posição elevada, vulgarmente conhecida como "corda bamba". Esta metáfora sobre a precariedade das noções de ética e moral do protagonista é exercitada com inteligência por João Tordo que evidentemente sabe como contar uma boa história.

Em sua busca pelo equilíbrio o protagonista acaba descobrindo que "a paz é um estado de amnésia, uma anestesia local que provoca não uma erosão, mas um eclipse do passado. Se o homem pudesse viver o eterno presente, seria eternamente feliz, ou coisa que o valha (...)".

Comentários

myra disse…
vim e como sempre vejo que tem novidades, este livro de um autor portugues, talvez eu possa ter ele pqe tenho amigos em Portugal, talvez peço a eles me mandarem, e te deixo com grande abraço para um FELIZ ANO NOVO 2012!
Lígia Guedes, disse…
Kovacs,
Vou confessar: meu estilo literário que já aprofundarei em 2012!
Kovacs disse…
Myra, Feliz 2012 para você também!
Kovacs disse…
Lígia, desejo grandes leituras para você em 2012!
Daisy disse…
Salve, Cult-man, Alexandre Kovacs!
Venho anunciar que estou de volta, seguindo o teu sábio conselho, voltarei a escrever opiniões sobre livros lidos, sobretudo porque tenho referências confiáveis na net. Tipo você.
Eu li, em três anos, sessenta livros de absoluta controvérsias. Mas não importa. Voltarei a ler, ou, talvez, leve o resto de minha vida comentando o que li até aqui.
Continuas uma sumidade, por isso eu vim aqui. Se puder ajudar a divulgar, haverá um Festial de Contos no Blog da Dai, aquela eterna buscadora de luz, como a tua.

http://carva1.wordpress.com/temporada-de-contos-inscreva-se/
Kovacs disse…
Daisy, obrigado pela gentileza dos elogios e desejo boa sorte na organização do Festival de Contos!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

As 20 obras mais importantes da literatura brasileira

As 20 obras mais importantes da literatura portuguesa

As 20 melhores distopias da literatura

20 grandes escritoras brasileiras

As 20 obras mais importantes da literatura italiana

João Paulo Parisio - Homens e outros animais fabulosos