Finalistas do Man Booker Prize 2010

Prêmios literários
Divulgada no último dia 27 de Julho a lista dos 13 finalistas da primeira fase (longlist) do Man Booker Prize, versão 2010. A lista dos 06 finalistas (shortlist) será anunciada em 7 de Setembro e o vencedor, que ganhará 50 mil libras, em 12 de Outubro. Segundo a organização do prêmio foram analisados 138 livros para se chegar a esta longlist.

O favorito para este ano é o australiano Peter Carey que já foi eleito vencedor do Booker Prize por duas vezes, em 1988 com Oscar e Lucinda (lançado pela Editora Record no Brasil em 1998) e em 2001 com A História do Bando de Kelly (lançado pela Editora Record no Brasil em 2002). A surpresa da lista de finalistas deste ano ficou por conta da omissão dos nomes de Ian McEwan e Martin Amis.

Segue a relação completa com links dos finalistas da primeira fase:

Peter Carey - Parrot and Olivier in America
(Editora: Faber and Faber)
Emma Donoghue - Room
(Editora: Pan MacMillan - Picador)
Helen Dunmore - The Betrayal
(Editora: Penguin - Fig Tree)
Damon Galgut - In a Strange Room
(Editora: Grove Atlantic - Atlantic Books)
Howard Jacobson - The Finkler Question
(Editora: Bloomsbury)
Andrea Levy - The Long Song
(Editora: Headline Publishing Group - Headline Review)
Tom McCarthy - C
(Editora: Random House - Jonathan Cape)
David Mitchell - The Thousand Autumns of Jacob de Zoet
(Editora: Hodder & Stoughton)
Lisa Moore - February
(Editora: Random House - Chatto & Windus)
Paul Murray - Skippy Dies
(Editora: Penguin - Hamish Hamilton)
Rose Tremain - Trespass
(Editora: Random House - Chatto & Windus)
Christos Tsiolkas - The Slap
(Editora: Grove Atlantic - Tuskar Rock)
Alan Warner - The Stars in the Bright Sky
(Editora: Random House - Jonathan Cape)

Comentários

Gerana Damulakis disse…
Eu estava pensando no Man Booker Prize e encontro aqui esta preciosidade. Obrigada!!!
Gerana Damulakis disse…
Aposto em David Mitchell.

Outra omissão foi John Banville, não foi?Não lembro se em 2007, ou 2008, li O mar, de Banville, que estava na lista do prêmio, e adorei. Foi no ano de Na praia, de Ian McEvan.
Lígia Guedes; disse…
Ah,
Kovacs,
Fofo mesmo esse jeito de
dispor listas. Um
dia ainda acabo gostando delas.

Beijos no coração!
Kovacs disse…
Gerana, John Banville ganhou o Booker de 2005 com "O Mar" e Ian McEwan entrou na shortlist de 2007 com "Na Praia". É por isso que gosto de acompanhar esta premiação, praticamente é uma garantia de boa leitura!
Kovacs disse…
Lígia, listas são sempre um bom motivo para divulgar e discutir literatura, mas é claro que nunca conseguimos unanimidade sobre elas, ainda bem! Obrigado pela visita e comentário.
Raquel disse…
E obrigada pela visita lá no Reflexos. :o)
Kovacs disse…
Raquel, obrigado a você pela citação e parbéns pelo novo template do blog.
Anônimo disse…
Puxa estou meio por fora... Dessa lista só conheço Rose Tremain, que considero uma boa escritora. O primeiro contato que tive com o trabalho dela, foi um livro de contos "The Colonel's Daughter and other stories" que me foi emprestado por um amigo inglês. Mais tarde, muito mais tarde, li o seu "Música e Silêncio" lançado aqui no Brasil pela Rocco, não me lembro da data, 2005-06? Gostei muito desse romance de ficção histórica.

Tenho em geral grande prazer de ler os romances finalistas -- a lista curta -- short list -- do Man Booker, que eu considero o melhor de todos os prêmios para trabalhos em língua inglesa.

Costumo ter mais divergências com os prêmios Pulitzer. Mas há aí também uma questão de afinidade. Prefiro a tradição literária inglêsa à americana. E olhe só que sou casada com um prof. de lit. americana... Ai, que saia justa!

Excelente postagem, Kovacs, nos lembrando que ainda há muito que ler e de qualidade. Às vezes essa noção -- a da qualidade -- me escapa... Rs... Um grande abraço, Ladyce
Kovacs disse…
Ladyce, também não conheço a maioria dos nomes da lista, mas acho que é justamente esta a maior vantagem de acompanharmos a premiação. Conheci alguns autores muito importantes acompanhando os finalistas e ganhadores do Booker(Ian McEwan por exemplo).

Ainda há muito que ler sem dúvida (ainda bem) e esta diferença entre as escolas americana e inglesa é um bom tema para uma postagem, mas acho que você está comprometida com a literatura americana...

Obrigado pelo ótimo comentário e acho que você não tem qualquer dificuldade em identificar a Qualidade é só confirmar lá no seu blog: http://peregrinacultural.wordpress.com/
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

As 20 obras mais importantes da literatura brasileira

As 20 melhores distopias da literatura

As 20 obras mais importantes da literatura italiana

20 grandes escritoras brasileiras

As 20 obras mais importantes da literatura portuguesa

As 20 obras mais importantes da literatura francesa