Objeto de Desejo

Editora Cosac Naify

O Outono da Idade Média - Johan Huizinga - Editora Cosac Naify - 656 páginas e 320 ilustrações - Ensaios de Anton van der Lem e Peter Burke - Tradução de Francis Petra Janssen.

Mais um lançamento caprichado da Cosac Naify que, nesta edição em tiragem única de 5 mil exemplares, apresenta aos leitores brasileiros a obra de Johan Huizinga (1872-1945), publicada originalmente em 1919. Esta versão foi traduzida para o português a partir da edição especial holandesa Herfsttij der middeleeuwen de 1997 que acrescentou 320 imagens à edição original, a maior parte delas guardadas em arquivos e bibliotecas de difícil acesso. A ideia central é de que a Idade Média talvez não seja afinal a idade das trevas, como aprendemos a conhecê-la, e de que "não passaria de uma transição, longa e letárgica, entre o brilho da Antiguidade e o do Renascimento".

A Cosac Naify incluiu também uma entrevista com o historiador francês Jacques Le Goff e um ensaio biográfico de Huizinga, escrito pelo historiador britânico Peter Burke para discutir a abordagem do autor ao estilo de vida e pensamento medievais, da forma como foram reproduzidos na cultura, arte e religião nos séculos XIV e XV. Quem estiver procurando um bom presente de Natal, recomendo como uma ótima dica.

Editora Cosac Naify

Comentários

Alex disse…
Quem quiser presentear-me esse ano, aí está a dica. Brincadeira a parte, sem dúvida, para os amantes de história e arte, esse livro é um presente e tanto. Grande objeto de desejo.

Abraços, k.
Kovacs disse…
Alex, também não ficaria nem um pouco chateado em ganhar este livro como presente de Natal. Obrigado pela visita!
Gerana disse…
Realmente, um presentão!
Djabal disse…
Estou namorando o volume, que não é pequeno. O Homo Ludens autoriza a compra, resta o gerente do banco que controla a conta bancária. Abraços e obrigado, como sempre, pela partilha.
Abração.
Kovacs disse…
Gerana, vamos reservar uma parte do orçamento!
Kovacs disse…
Djabal, não é raro que os comentários por aqui sejam melhores do que a postagem, achei sensacional a sua citação a "Homo Ludens", outra obra de Huizinga.
myra disse…
deve ser realmente muito bom e bonito, nao conhecia!
mais um abraço
Kovacs disse…
Myra, fico feliz de ter feito as apresentações. Obrgado pela visita!
M. disse…
Este tive que o estudar. Um pouco "chato" mas cientificamente bem fundamentado.
Kovacs disse…
M., a obrigação acadêmica sempre tira um pouco o brilho de qualquer obra. Obrigado pelo comentário.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

As 20 obras mais importantes da literatura brasileira

As 20 obras mais importantes da literatura portuguesa

As 20 melhores utopias da literatura

Vencedores do Prêmio Literário Biblioteca Nacional 2019

As 20 obras mais importantes da literatura francesa

As 20 obras mais importantes da literatura italiana