Mulheres do movimento Shin Hanga

Torii Kotondo (1900-1976) e Kitano Tsunetomi (1880-1947)
Torii Kotondo (1900-1976) e Kitano Tsunetomi (1880-1947)

Os ilustradores do movimento de xilogravura Shin Hanga (ou nova estampa), que foi caracterizado pela influência ocidental na cultura japonesa do início do século XX, optaram, em sua maioria, por utilizar modelos com trajes tradicionais orientais e forte apelo sensual para a época. O Hood Museum of Art está com uma exposição programada para o período de 06 de abril até 28 de julho, cujo foco principal são os 66 trabalhos do período Shin Hanga (cliquem nas imagens para ampliá-las).

Hashiguchi Goyō (1880-1921) e Ito Shinsui (1898-1972)
Hashiguchi Goyō (1880-1921) e Ito Shinsui (1898-1972)

Os artistas desta época ficaram conhecidos como pintores da mulher e de sua beleza, o nu e o seminu se tornaram os temas preferidos. As estampas das “beldades” tiveram rapidamente um grande sucesso de vendas, inclusive no ocidente. Depois da Segunda Guerra mundial o movimento entrou um declínio devido à nostalgia pela cultura tradicional japonesa.

Kobayakawa Kiyoshi (1896-1948)
Kobayakawa Kiyoshi (1896-1948)

Comentários

Clara Lopez disse…
Muito lindo esse trabalho, kovacs, delicado e singelo, e bem vindo num momento em que as imagens de mulheres na atualidade estão meio comprometidas e toscas, por tantos aspectos,
abraços,
vera
Alexandre Kovacs disse…
Clara, muito bem comentado! Nada como o bom gosto para resgatar a dignidade da raça humana, ou o que resta dela.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Os melhores livros e resenhas de 2019

As 20 obras mais importantes da literatura brasileira

As 20 obras mais importantes da literatura portuguesa

20 grandes escritoras brasileiras

As 20 obras mais importantes da literatura francesa

As 20 obras mais importantes da literatura italiana