Women’s Prize for Fiction 2013

Prêmios literários

Divulgada a lista das autoras finalistas (shortlist) do Women’s Prize for Fiction 2013 (ex-Orange Prize). Hilary Mantel está presente mais uma vez com seu último romance "Bring Up the Bodies", segunda parte da trilogia histórica iniciada por "Wolf Hall" - prêmio Booker de 2009 (publicado no Brasil pela editora Record) e já ganhador do Man Booker Prize 2012 e do Costa Book Award deste ano.

Segue abaixo a lista das seis concorrentes finalistas ao prêmio no valor de 30 mil libras (cerca de 35 mil euros) com os respectivos links. A favorita é Hilary Mantel, mas Barbara Kingsolver e Zadie Smith são duas fortes oponentes também (vencedoras das versões de 2010 e 2006, respectivamente). O romance ganhador será anunciado no dia 5 de junho em uma cerimônia em Londres.
Bring Up the Bodies - Hilary Mantel

Flight Behaviour - Barbara Kingsolver

Where'd You Go, Bernadette - Maria Semple

Life After Life - Kate Atkinson

May We Be Forgiven - A. M. Homes

NW - Zadie Smith

Comentários

Daniel Boratto disse…
Nao li nenhum, mas torço contra Hilary Mantel . Seu "Wolf Hall"é um dos piores livros que li nos últimos anos.
Anônimo disse…
Kovacs,
Gostei de ser lembrada desse prêmio. Tenho sentimentos contraditórios sobre prêmios relacionados a minorias, porque acho que sempre fica no ar a dúvida se não houve padrões diferentes. E olhe só, fui, quando morava nos Estados Unidos, membro ativo da NOW – lutando pelos direitos da mulher. Mas hoje, quando algumas coisas já mudaram, me pergunto se pelo menos no campo da literatura o que é bom não é bom para todos?

Acredito, no entanto, que haja uma maneira diferente de mulheres tratarem a condição humana na literatura, se comparadas aos homens, e confesso que me identifico mais com escritoras mulheres do que com escritores homens.

Quanto à lista das possíveis premiadas, discordo do Daniel. Gosto muito dos livros de Hilary Mantel. Mas dessa vez vou torcer pela Zadie Smith, cujos dois livros que li, impressionaram bastante. Dentes Brancos e Uma questão de beleza, foram sem dúvida marcos na leitura na década passada.
Um grande abraço, Ladyce
Alexandre Kovacs disse…
Daniel, estou aguardando o lançamento de Bring Up the Bodies traduzido para ler juntamente com Wolf Hall. De qualquer forma a minha expectativa é positiva devido aos prêmios que Mantel levou com os dois primeiros volumes da trilogia. Obrigado pelo comentário.
Alexandre Kovacs disse…
Ladyce, também não concordo com este tipo de premiação somente para mulheres, assim como não acho que um feriado do dia da mulher possa contribuir para a liberação feminina. Esse tipo de ação protecionista só aumenta a discriminação (se é que ainda existe). Obrigado pelo comentário, também estou curioso para conhecer este romance de Zadie Smith.
Anônimo disse…
Kovacs,

Obrigada pella resposta. E, sim, concordo com você sobre o dia da Mulher.

Depois que comentei aqui, abri o Guardian, e me deparei com essa entrevista, interessante, que, é claro, discorda da nossa posição. Talvez você já tenha lido, se não, aqi vai o link.

http://www.guardian.co.uk/books/2013/apr/20/miranda-richardson-hate-sneering-attitude

Abraços, Ladyce
Alexandre Kovacs disse…
Ladyce, obrigado pelo link para a matéria!

Interessante que prêmios em excesso podem prejudicar um escritor (Hilary Mantel no caso) tanto quanto a ausência deles...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

As 20 obras mais importantes da literatura brasileira

As 20 obras mais importantes da literatura portuguesa

20 grandes escritoras brasileiras

As 20 obras mais importantes da literatura italiana

As 20 obras mais importantes da literatura francesa

As 20 melhores distopias da literatura