20 frases de Otto Lara Resende

Literatura brasileira
Arquivo Otto Lara Resende / Acervo IMS

Escritor e jornalista, o mineiro de São João Del Rey, Otto Lara Resende (1922-1992) ficou conhecido pelo seu poder de síntese na criação de frases imortais. Nelson Rodrigues (1912-1980), frasista incomparável, chegou uma vez a sugerir que alguém seguisse Otto 24 horas por dia para anotar as frases que ele fosse deixando pelo caminho. O próprio Nelson se dizia disposto a realizar esta tarefa para depois abastecer uma "Loja de Frases". Na verdade, Otto passou a ser uma fixação para Nelson Rodrigues que o "homenageou" com o título "Bonitinha mas ordinária ou Otto Lara Resende".

Juntamente com os amigos Fernando Sabino, Hélio Pellegrino e Paulo Mendes Campos formou o grupo conhecido como os quatro mineiros do apocalipse que marcou a cultura e literatura nacional, inventando um jeito mineiro, mas também carioca de ser.

Bem, achei que seria uma boa idéia relembrar algumas dessas frases definitivas de um escritor que faz falta nos dias de hoje. Difícil foi selecionar apenas 20 frases!

(01) Há em mim um velho que não sou eu.

(02) A Europa é uma burrice aparelhada de museus.

(03) Tenho para mim que sei, como todos os brasileiros, os três primeiros minutos de qualquer assunto.

(04) Abraço e punhalada a gente só dá em quem está perto.

(05) Como pai, me considero, modéstia à parte, uma mãe exemplar.

(06) Sou um falante que ama o silêncio.

(07) A tocaia é a grande contribuição de Minas à cultura universal.

(08) O mineiro só é solidário no câncer.

(09) Todo mundo que cruzou comigo, sem precisar parar, está incorporado ao meu destino.

(10) Deus é humorista.

(11) Ultimamente, passaram-se muitos anos.

(12) Devo ter sido o único mineiro que deixou de ser diretor de banco.

(13) Sou um sobrevivente sob os escombros de valores mortos.

(14) Texto de jornal é estação de trem depois que o trem passou. Deixou de ter interesse.

(15) A morte é noturna. À noite, todos os doentes agonizam.

(16) Leio muito à noite. Só não sou inteiramente uma besta porque sofro de insônia.

(17) Sou autor de muitos originais e de nenhuma originalidade.

(18) O mineiro seria um cara que não dá passo em falso, é cauteloso. Em Minas Gerais não se diz cautela, se diz pré-cautela...

(19) A morte é, de tudo na vida, a única coisa absolutamente insubornável.

(20) Escrever é de amargar.

Para finalizar, segue um exemplo precioso da prosa mineira, carioca e, principalmente, universal de Otto Lara Resende:

Vista Cansada
(Otto Lara Resende)

"Uma criança vê o que um adulto não vê. Tem olhos atentos e limpos para o espetáculo do mundo. O poeta é capaz de ver pela primeira vez o que de tão visto ninguém vê. Há pai que nunca viu o próprio filho. Marido que nunca viu a própria mulher. Isso exige às pampas. Nossos olhos se gastam no dia-a-dia, opacos. É por aí que se instala no coração o monstro da indiferença".

Literatura brasileira
Otto Lara Resende no escritório de seu apartamento. Rio de Janeiro, 1989. Foto de Helena Lara Resende (Heleninha) / Arquivo Otto Lara Resende/ Acervo IMS

Comentários

Ana Tarouca disse…
Não conhecia este escritor. Adorei as citações! Muito bom!
Bjs
Ana
Chico disse…
Grande Kovacs, O Otto Lara eh muito bom mesmo. Eu pensava que a frase sobre a solidariedade mineira fosse do próprio Nelson de pilheria com o amigo.

Realmente, essa presenca de espirito que encontramos num Otto Lara, num Millor... e athe mesmo, deixe-me falar baixo, num Paulo Francis, eh fundamental para viver.

Abraco, Chico
Barros disse…
Grande achado! Muito bom relembrar Otto, o quarteto mineiro e Nelson Rodrigues.
Das 20 que você selecionou, seleciono 1, 6, 10 e 13 só por afinidade.
Abraços
Djabal disse…
Você se superou. Nos deu a recordação do que temos de melhor.
Os três primeiros minutos de qualquer assunto, esse é o Brasil.
Obrigado e meus parabéns, meu caro.
Eliana BR disse…
Ola Kovacs,
Otima idéia trazer Otto Lara Resende. Tive a chance de conhecê-lo pessoalmente, achei-o super simpatico e caprichando em sê-lo. E fez questao de me dizer que nunca, jamais em tempo algum disse que o mineiro so era solidario no câncer. Que ele era mineiro e nao iria criar caso em casa. Que isso era mais uma invencionice do nélson pra curtir com a cara dele. E me explicou, cheio de charme, suas agruras ao ver-se transformado num personagem rodriguiano. Que Nélson literalmente o perseguia, sempre solicito, semopre elogiando. Elogiando demais, de maneira a pô-lo em ridiculo ficar rindo no canto. Uma figura, o Otto. O controle absoluto do palco, da arte da conversa, de deixar o interlocutor siderado se achando super inteligente... ele também devia se divertir com isso. E me pareceu, nesse unico encontro, longo no entanto, correspondser à fama de boa-gente que o precedia.
Abraços,
Eliana
Kovacs disse…
Ana, os amigos de Portugal deverão ter alguma dificuldade em conhecer e entender o regionalismo de Otto Lara Resende, mas o fato de, mesmo assim, você ter gostado das citações, significa que é um autor universal como eu queria demonstrar.
Kovacs disse…
Caro Chico, essa frase gerou muita confusão, pois o próprio Otto cansou de afirmar que foi criação do Nelson. De qualquer forma se tornou uma citação clássica.

Todos os exemplos de autores que você citou, incluindo o Paulo Francis, são realmente geniais e ninguém pode duvidar que hoje carecemos deste tipo de inteligência.
Kovacs disse…
Barros, excelente escolha que coincidiu com o meu gosto, mas na verdade são todas geniais. Obrigado pela visita!
Kovacs disse…
Djabal, temos autores maravilhosos de diversas regiões que acabam se tornando universais. Nelson Rodrigues e Otto Lara Resende ilustram bem esta afirmativa.
Kovacs disse…
Eliana, que inveja de não ter conhecido este gênio. A fixação de Nelson Rodrigues com Otto Lara Resende é um dos casos mais engraçados da literatura nacional (imagine só a responsabilidade de se tornar um personagem Rodrigueano) e que rendeu excelentes citações. Esta da solidariedade mineira é uma delas. No final acho que devemos creditar a autoria aos dois e muito obrigado a você por dividir esta deliciosa experiência!
Zilda Santiago disse…
Excelentes frases do não menos excelente.Parabéns.
Sonia disse…
Ô, Kovacs, você reavivou minha mineirice que tava carecendo de alimento.
Kovacs disse…
Zilda, obrigado pela visita e seja bem-vinda por aqui!
Kovacs disse…
Sonia, acho que todos nós temos essa deliciosa parcela mineira. Obrigado pela visita!
sonia a. mascaro disse…
Ele é mesmo ótimo! Difícil escolher a melhor frase... mas destaco aqui duas: Há em mim um velho que não sou eu, Sou um falante que ama o silêncio.
Abraços.
MEGA BEM LEMBRADO...Bons tempos...Que saudade!...Excelente seleção, com direito ao depoimento aqui da moça Eliana...OBRIGADA! Quando puder, espie o 'Curiosa...'; o último é uma lista comentada de livros/autores!...
BJS!
Leila Silva disse…
Divertidíssimas as frases que você escolher.
Abraço
Kovacs disse…
Sonia, a sua primeira opção coincidiu com a minha escolha. Detesto quando encontro este velho que existe em mim...
Kovacs disse…
Christina, obrigado pelo comentário. A Eliana arrasou mesmo! Vou lá no seu blog checar as recomendações.
Kovacs disse…
Leila, procurei escolher mesmo as mais divertidas, mas aproveito para destacar que ele é autor de uma seleção sobre morte e política muito interessante também!
Maria Augusta disse…
Kovacs, conhecia muitas destas excelentes frases, mas não sabia que eram dele. Mas o que gostei mais foi do texto "Vista Cansada", pois olhar e enxergar não são a mesma coisa.
Abraços e uma ótima semana para você.
Caio disse…
Olá KOvacs, caí aqui no seu blog sem querer,,,,rs
Belo blog ;; voltareia a visitá-lo com frequencia
abraço...
Kovacs disse…
Maria Augusta, concordo com você e quantas vezes não enxergamos o que está tão perto e evidente. Acho que o texto "Vista Cansada" abordou a questão com muita sensibilidade.
Kovacs disse…
Caio, obrigado pela visita e seja muito bem-vindo por aqui.
Blog do Beagle disse…
Saudade das tiradas dele. Adorei as citações. BJ. Elza
Kovacs disse…
Elza, fico feliz que tenha gostado!
Ana R. disse…
Gosto desse cara...:) Agora essa coisa do mineiro, taí um povo-mistério. Tenho família lá em Minas, mas tenho a sensação de que é um povo muito político. Uma coisa assim em cima do muro, aí eles não se comprometem. Mas nada a ver com o Sr. Otto. Adoro citações. Remexem lá dentro da gente. Educa!
Abraços.
Kovacs disse…
Ana, é justamente essa riqueza do regionalismo o combustível para a melhor e mais pura literatura. Parece que quanto mais regional fica, mais universal se torna. Obrigado pela visita!
Lígia disse…
Se o assunto é regionalismo universal, imbatível para as vistas cansadas...:

"A morte é, de tudo na vida, a única coisa absolutamente insubornável"

Paz!
Kovacs disse…
Lígia, esta que você escolheu é fantástica mesmo! Obrigado pela visita e comentário.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Os melhores livros e resenhas de 2019

As 20 obras mais importantes da literatura brasileira

As 20 obras mais importantes da literatura portuguesa

20 grandes escritoras brasileiras

As 20 obras mais importantes da literatura francesa

As 20 obras mais importantes da literatura italiana