Objeto de Desejo

FotografiaFrida Kahlo: Suas Fotos - Editora Cosac Naify - 524 páginas - 410 ilustrações - Capa dura e sobrecapa de papel - Organização e introdução: Pablo Ortiz Monasterio, Tradução: Gênese Andrade - Lançamento: Junho 2010.

Segundo divulgação da editora Cosac Naify, esta fotobiografia com mais de 400 imagens inéditas de Frida Kahlo (1907-1954), escolhidas de um acervo de 6 mil guardadas por mais de 50 anos em um dos cômodos da Casa Azul, onde viveu com Diego Rivera, foi lançada em junho simultaneamente no Brasil – onde terá tiragem única – México, França, Espanha, Alemanha, Estados Unidos, Canadá e outros países da América Latina. As imagens mostram Frida quando menina, seu estúdio, o encontro com Rivera, seu relacionamento com personagens como Breton, Duchamp, Trótski, Henry Ford e Dolores del Río. A influência da fotografia em sua obra, suas referências políticas e estéticas, o sofrimento do corpo, as inúmeras cirurgias, e sobretudo a construção de sua figura pública são analisadas em textos de grandes estudiosos.

Ainda segundo publicação de hoje do blog da editora Cosac Naify e comentário de Hilda Trujillo Soto, diretora do Museu Frida Kahlo, "pelas imagens é possível perceber os afetos e rancores da pintora, que fez intervenções em alguns de seus retratos, coloriu imagens, recortou ou rasgou pessoas. Todas estas interferências estão mantidas no conjunto apresentado no livro, assim como os sinais do tempo e a caligrafia de Frida, que anotava dedicatórias, datas e nomes atrás das fotos."

FotografiaFrida Kahlo pinta o retrato de seu pai, em 1951. Foto Gisele Freund. D.R.© 2010 Banco de México en su carácter de Fiduciario en el Fideicomiso relativo a los Museos Diego Rivera y Frida Kahlo

Comentários

Anônimo disse…
Que beleza de postagem!
Que bom se essa fotobiografia fosse lançada também no Brasil. Gosto muito da obra de Frida Kahlo. Conheço pouca coisa, mas o que conheci, amei. E a transposição que ela faz de sua vida para sua obra é admirável. Parabéns pelo post.
Bjssssss
Kovacs disse…
Marli, obrigado pelo comentário gentil, a boa notícia é que a fotobiografia foi lançado no Brasil sim. É só clicar na imagem do livro que será transferida para o site da Editora Cosac Naify e por R$ 120,00 poderá comprar este objeto de desejo. Um pouco caro reconheço, mas é uma bela edição e de tiragem única.
Anônimo disse…
É por essas e outras que o Kindle não faz minha cabeça. :)

Eu PRECISO dessa edição. PRECISO.

(ps- vc também não quer levar todo o catálogo da Cosac Naif para a sua estante? Eu quero, são sempre edições muitíssimo bem cuidadas, bem traduzidas e com projetos gráficos de encher os olhos. Objetos de desejo - vc disse tudo)
Ana R. disse…
Vale o que custa. Realmente a Cosac Naify é especial. E afinal, acabamos por gastar esse valor em outras coisas não tão belas e perenes....
Natasha. disse…
Eu e minha estante desejamos muuuuuito!

já tinha lido algum artigo pequeno sobre essa publicação, mas somente agora bateu um desespero...
Anônimo disse…
Oi, Kovacs, como sempre seus objetos de desejo são muito bons. Sempre gostei do trabalho de Frida Kahlo. Acho que por tempo demais sua obra tomou segundo plano, porque ela estava ligada diretamente a Diego Rivera. Meu último contato com ela (claro que não estou falando de contato pessoal)no entanto me deixou em choque, foi lendo o livro Histórias de mulheres da escritora espanhola Rosa Montero, [Fruda Kahlo é uma das 15 mulheres retratadas] onde o sofrimento por que Frida passou com Diego Rivera, foi retratado. Ler sobre sua submissão ao amor que sentia por Rivera, (e Meu Deus, como ela sofreu1), mudou para sempre a maneira com que vejo seus trabalhos. Desapareceu a alegria que eu achava que eles tinham, e hoje eles me mostram muito sofrimnento. É claro que tudo isso está nos olhos de quem vê, nesse caso os meus. Mas por causa disso mesmo acho que esse livro deve ser muito bom. Vou colocá-lo na lista de Meus Objetos de Desejo. Um abração, Ladyce
Lady Cronopio disse…
Lá vai mais um para a lista de "objetos de desejo", graças a você, e esta sua lendária capacidade de nos mostrar o que vale a pena.
Gosto de Frida, suas cores, seu jeito único de expor o próprio sentimento e todas as suas dores, sem perder a elegância e sem o tom "olhem para mim, vejam como sofro!"
Frida é um ser que se adianta além do óbvio. O seu (dela) amor por Diego, poderia tê-la calado as tintas, mas não. Olha o resultado...
Estava com saudades deste cantinho tão bom, onde se respira a arte em todas as suas expressões. Coisas do mundo me levaram pra lá e pra cá, nestes dias de trovão, que espero, tenham findado.
Abraços e carinho.
Kovacs disse…
quinas e cantos (Gabriela), sobre esta questão do Kindle já deixei minha opinião em alguns comentários anteriores, no meu entendimento o livro precisa ter cheiro e textura (além obviamente do conteúdo), por mais fetichista que isto possa parecer!

Eu também quero todo o catálogo da Cosac Naify na minha estante, alguém poderia me ajudar?
Kovacs disse…
Ana, a Cosac é uma editora que me faz pensar que o Brasil poderia dar certo...
Kovacs disse…
Natasha, estamos com este mesmo problema de orçamento comprometido, mas vamos dar um jeito não vamos?
Kovacs disse…
Ladyce, o trabalho de Frida Kahlo está muito ligado ao sofrimento e como sofreu esta mulher não é mesmo? Diego Rivera, ele próprio um artista genial, não devia ter mesmo uma personalidade muito fácil de se conviver, mas Frida soube encontrar formas de amar neste mundo e deixou isto claro em suas telas. Boa dica sobre o livro de Rosa Montero, obrigado pelo comentário.
Kovacs disse…
Lady Cronópio, fico sempre contente com a sua visita e agradeço o comentário generoso. Sobre Frida e sua vida atormentada não podemos descrever melhor do que ela própria em suas telas.

Como disse Frida: "I paint self portraits because I am the person I know best.
myra disse…
Frida Kahlo foi nao somente uma grande pintora, mas um personagem de outro mundo! e uma grande lutadora pela liberdade e justicia, mesmo estando doente!
ela sim que era mais que surrealista, era realmente REALISTA , e para mim ,MAGICA!!!ela pintava seu sofrimento que foi enorme! e o amor pelo Diego Rivera era um amor ,tbem è uma opiniao minha, inexplicavel, acho que era mais admiraçao, pelo artista revolucionario que pelo homem mesmo. Eu nao a conheci mas sim eu vvi bem perto de onde ela viveu, a Casa Azul, e penetrando ali, era entrar numa atmosfera, nao de sofrimento mas de uma magica grandeza! que mulher! demorou bastante tempo em ser reconhecida, jà que as "pessoas" nao entendiam que ela pintava, exatamente a ela e o que sofria, nao era uma pintora "mais", suas pinturas eram ELA. e além do mais estava na sombra de Diego.Felizmente ela tem o seu lugar bem merecido na arte mexicana, e, agora, universal!
que bom, amigo Kowacs, que colocou este livr aqui1
um abraçO
Paula Barros disse…
Você convidou Myra a vir aqui e eu vim dar uma olhada.
Foi bom ler a postagem sobre a fotobiografia, o comentário de Myra, e algo escrito por Iosif Landau na lateral do blog.

Legal!
Kovacs disse…
Myra, estava aguardando a sua visita com interesse, afinal sendo você artista plástica e tendo residido no México enriqueceu bastante este espaço com o seu comentário o que agradeço muito.

Concordo com você que a paixão de Frida por Diego era muito mais devida ao artista genial do que ao homem.
Kovacs disse…
Paula, seja bem-vinda por aqui e a Myra é uma artista sensacional e também pessoa muito boa. Acho que ela ainda não notou o texto do Iosif na lateral do blog. É um espaço que utilizo para destacar textos e/ou citações de grandes autores.
myra disse…
amiggo querido, nao, nao tinha visto!!!!!! que lindo que voce citou as palavras de meu irmao, fiquei mto emocionada agora que vi!!!!!!obrigada!!!! ele é uma maravilha! muitos, muitos beijos,
Kovacs disse…
Myra, seu irmão merece com toda propriedade ocupar este espaço com o seu estilo forte e único, muita saudade dos textos e comentários dele. Grande Abraço.
Djabal disse…
Frida Kahlo desperta paixões instantâneas. Agora mesmo o Nobel de Literatura, Le Clézio, lançou um romance com a mesma temática, contando da sua vida.
A narrativa dele, mais as imagens dela, poderão nos dar uma impressão mais exata deste caráter tão ímpar.
Ótima dica, como sempre. Obrigado pela partilha. Um grande abraço.
Kovacs disse…
Caro Djabal, coincidentemente hoje ao passar na livraria da travessa do Centro este romance de Le Clézio estava exposto ao lado da fotobiografia de Frida. Acho que agora temos dois objetos de desejo.
myra disse…
oi, querido nosso amigo, acabo de ver que escreveu um comentario no blog de meu irmao, obrigada...
um gde abraço
Cris Van Opstal disse…
Oi, Kovacs

Fazia tempo que eu não vinha por aqui... por absoluta falta de tempo... e, mais uma vez, percebo quanto tempo perdi em não voltar aqui antes...

Como sempre, aprendo tanto lendo o que compartilha conosco... Obrigada!

Beijos e sucesso sempre !
Kovacs disse…
Myra, eu é que agradeço a sua visita.
Kovacs disse…
cris, quanto tempo realmente, fiquei feliz com sua visita e comentário, você será sempre bem-vinda por aqui.
Gerana Damulakis disse…
A Cosac sempre dando um show!
Kovacs disse…
Gerana, a Cosac é a prova de que a qualidade pode ser compatível com o retorno financeiro, espero que por muito tempo ainda!
Olá, tudo bem? O meu nome é Demetrio Alexandre Guimarães e eu sou escritor. Parabéns pelo seu blog! Eu gostei muito! Eu queria saber se você toparia fazer uma parceria com o blog do meu livro. Vou aguardar sua resposta no meu e-mail:
demetrioguimaraes@yahoo.com.br

Observação: não se esqueça de enviar o link do seu blog no e-mail.

http://rudamon.blogspot.com

Conto com a sua visita. Abraço!
Kovacs disse…
Caro Demetrio, primeiramente obrigado pela visita e comentário, seja bem-vindo por aqui. Este blog não tem objetivo comercial, por este motivo normalmente não faço parcerias para divulgação, mas vou visitar a sua página agora mesmo.
Nicole Rodrigues disse…
Ah, a Frida! não me canso de ler nem de escrever sobre ela...

Agora vou ter que comprar esse livro! E vou continuar sonhando com o dia em que eu finalmente traduzirei algum outro livro sobre ela! :)

Mais do mesmo que não é bem o mesmo: http://uterovazio.blogspot.com/search/label/Frida%20Kahlo
Kovacs disse…
Nicole, obrigado pelo comentário, vou lá no seu link agora mesmo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

As 20 obras mais importantes da literatura brasileira

As 20 obras mais importantes da literatura portuguesa

20 grandes escritoras brasileiras

As 20 obras mais importantes da literatura italiana

As 20 obras mais importantes da literatura francesa

As 20 melhores distopias da literatura