George Saunders - Man Booker Prize 2017

Literatura inglesa

George Saunders, de 58 anos, é o segundo norte-americano em sequência a vencer o Man Booker Prize, o mais importante prêmio literário em língua inglesa da atualidade (Paul Beatty levou o prêmio em 2016 com "The Sellout", lançado no Brasil como "O Vendido"). Criado originalmente em 1968, somente para escritores do Reino Unido, Irlanda e da comunidade britânica, este é o quarto ano em que foram adotados os critérios de seleção mais ampliados, podendo concorrer autores de qualquer nacionalidade, desde que escrevam em inglês e tenham publicado a sua obra no Reino Unido. Este ano a competição não foi nada fácil com finalistas renomados como Paul Auster (meu favorito), Arundhati Roy, Ali Smith, Zadie Smith e Colson Whitehead.

"Lincoln in the Bardo", ainda inédito no Brasil, é o primeiro romance de George Saunders, tradicional autor de contos e ensaios, que levou o prêmio de £ 50 mil (cerca de R$ 210 mil). Partindo de acontecimentos históricos reais durante a Guerra Civil nos EUA, o autor imaginou uma visita do presidente Abraham Lincoln, feita em 1862, ao corpo de seu filho de 11 anos, Willie, em um cemitério de Washington. No budismo tibetano, bardo é o estado de transição entre a morte e o renascimento. No Brasil, a Companhia das Letras já publicou de Saunders a sua premiada antologia de contos "Dez de Dezembro" (2014) e o livro infantil "Os Grudolhos Perseverantes de Frip" (2015), estando previsto para 2018 o lançamento de "Lincoln in the Bardo" como "Lincoln no Limbo".
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Penguin Little Black Classics

As 20 obras mais importantes da literatura brasileira

Albert Camus - A Morte Feliz

Geny Vilas-Novas - Fazendas ásperas

20 grandes escritoras brasileiras

As 20 obras mais importantes da literatura italiana