Sílvia Mota Lopes - Túnica Íntima

Literatura Portuguesa
Sílvia Mota Lopes - Túnica Íntima - Poética Grupo Editorial Lisboa - 78 Páginas - Ilustrações: Sílvia Mota Lopes - Lançamento: 2022.

A portuguesa de Braga, Sílvia Mota Lopes, poeta, pintora e ilustradora, publicou uma extensa obra dedicada à literatura infantil e juvenil. Contudo, nos surpreende nesta antologia poética, Túnica Íntima, lançada em 2022, com versos que me fazem lembrar de sua conterrânea Sophia de Mello Breyner Andresen (1919-2004), referências a uma poesia de imagens, luz e mar. De fato, os poemas de Sílvia confirmam a tradição cultural lusitana de cantar a terra, o sol, o vento e a magia do oceano: "Abarco o rumor das ondas / vacilando entre brisas e silêncios / os seixos alinhados no veio da areia / a apneia do poeta / regressando ao vago da janela."

Além da conexão com a natureza, os poemas expressam a sensibilidade feminina diante dos impasses existenciais que a brevidade da vida apresenta: "Ficou-lhe na cabeça aquela frase / escutada na véspera / enquanto passava o rímel pelas pestanas, / 'Depois de velha é que ficaste bonita'. / Recebeu-a como um elogio, / mas a frase ainda lhe absorve os dias. [...]" Ou ainda nesta belíssima homenagem ao amor que ignora os efeitos da passagem do tempo: "Ontem carregava a volúpia da pele / hoje o corpo é sangue seco / ausente / fez-se outono / sorrio quando o contemplas / como se nele se cumprissem todas as primaveras."

Deixo com vocês alguns exemplos do trabalho de Sílvia Mota Lopes, ainda pouco conhecida no Brasil, e a sua técnica de escrever poemas como quem desenha traços coloridos em uma tela: "Quando as mãos são aves / a cabeça pousa tranquila sobre o tempo. / Nele, sente-se a solidez do barro / moldado em galáxias luminosas / derramado em gestos cúmplices de ternura. [...]" 

O poema enche-se de silêncio 
voltamos o olhar à intimidade das palavras 
o entardecer é uma criança com sono.

[...]

Há o mar,
os barcos que rebentam pelas costuras
desvanecendo numa onda
para morrer.
Ninguém como eles conhece melhor a voz do mar
a saraiva que lhes percorre o dorso num falso sossego
a turva melancolia marítima.
Onde poderão assentar o casco? 
A fome dilata a viagem
a proa enrijece
ao som de uma gaivota.

[...]

Ficou-lhe na cabeça aquela frase escutada na véspera
enquanto passava o rímel pelas pestanas,
“Depois de velha é que ficaste bonita”.
Recebeu-a como um elogio,
mas a frase ainda lhe absorve os dias.
Remeteu-a ao passado recordando a transformação
do seu corpo, as formas e os contornos da carne,
os olhos fundos das noites mal dormidas, o peito
sugado pela fome, as gretas, os braços manchados
de cansaço que embalaram as dores,
mesmo as mais imprevisíveis.

Literatura portuguesa
Sobre a autora: Sílvia Mota Lopes (n. Braga, 1970), poeta, pintora, ilustradora, autora de literatura infantil e juvenil. Do seu currículo constam as seguintes obras: Alícia no Bosque (texto e ilustração), 2012; Ser dia e Noite Ser (texto), 2013; A magia de Auris (ilustração, texto de Patrice Pacheco), 2013; Chegaste primeiro (ilustração, texto de Carlos Nuno Granja), 2014; É Aqui Que Ela Mora, (texto), 2015; O cavalinho que queria saber a que cheira a primavera, (ilustração, texto de José Abílio Coelho), 2015, Pássaro de Mil Cores (ópera infantil, autora do libreto), 2016; Esboço (poesia), 2017, Aqui há gato (ilustração, texto de Lídia Borges), 2017, Estrela Watoto (ilustração, texto de Marta Marques), 2017; Quando Somos Nuvens (ilustração, texto de Fabíola Lopes), 2018; Dar Corda às Palavras (texto), 2018; Passei Como Um Sussurro para que escutasses o Vento (poesia), 2019; Amor Puro (ilustração, texto de Miguel Pires Cabral), 2020; Não esqueças o meu nome (ilustração, obra de Maria Isabel Fidalgo), 2022; Contos para serem Contados, (ilustração, texto de Rogério Pereira), 2022. Participou em diversas antologias poéticas.

Onde encontrar o livro: Clique aqui para comprar Túnica Íntima de Sílvia Mota Lopes

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

As 20 obras mais importantes da literatura francesa

As 20 obras mais importantes da literatura japonesa

As 20 obras mais importantes da literatura portuguesa

As 20 obras mais importantes da literatura italiana

Melhores seleções de livros de 2016 em um só lugar!

As 20 obras mais importantes da literatura dos Estados Unidos