Vencedores do Prêmio Oceanos 2020

Prêmios Literários Nacionais

Divulgados os três romances vencedores do Prêmio Oceanos de Literatura, versão 2020. Torto arado (Editora Todavia), de Itamar Vieira Junior, ficou com o primeiro lugar, seguido por A visão das plantas (Relógio D’Água), da portuguesa nascida em Angola Djaimilia Pereira de Almeida, e Carta à rainha louca (Editora Alfaguara), de Maria Valéria Rezende, ficou com o terceiro lugar.

Um grande resultado para a literatura brasileira, assim como um reconhecimento mais do que merecido para dois grandes autores: Itamar Vieria Junior (que já levou o Jabuti 2020) e Maria Valéria Resende (dispensa apresentações). Clique aqui para ler a resenha completa de Torto arado e aqui para Carta à rainha louca. 

No site da organização do Prêmio Oceanos de Literatura, a professora, crítica literária e jurada portuguesa Joana Matos Frias resumiu com muita propriedade o valor da obra vencedora:

Torto arado é um romance raro e arrebatador por ser ao mesmo tempo absolutamente local e absolutamente universal – ancoradas num espaço geográfico e sócio-cultural muito específico, na Chapada Diamantina do estado da Bahia, as personagens parecem mover-se sempre num lugar-não-lugar, habitando assim uma geografia original cujos prodígios aprendemos a admirar com o melhor de James Joyce e de William Faulkner, de Graciliano Ramos, de Guimarães Rosa ou de Gabriel García Márquez, e certamente com o Raduan Nassar que Itamar Vieira Junior escolheu para a abertura da sua narração. Fruto de uma escrita tão límpida que parece ocultar a sua enorme complexidade, Torto arado cumpre acima de tudo um propósito que a muito poucos é dado cumprir: é um livro para ser lido por todos os leitores.”

A partir de 2015 o Prêmio Portugal Telecom de Literatura foi cancelado pelos antigos patrocinadores, passando a ser chamado de Oceanos - Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa e patrocinado pelo Itaú Cultural. Concorreram à edição 2020 do Oceanos 1.872 obras, publicadas em dez países: Angola, Brasil, Cabo Verde, Canadá, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos, Letônia, Moçambique e Portugal, além da região administrativa chinesa Macau. O número de editoras inscritas totalizou 450, o maior entre todas as edições do prêmio.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

As 20 obras mais importantes da literatura brasileira

20 grandes escritoras brasileiras

As 20 obras mais importantes da literatura portuguesa

As 20 obras mais importantes da literatura francesa

As 20 obras mais importantes da literatura dos Estados Unidos

As 20 obras mais importantes da literatura japonesa