Finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura 2020

Prêmios Literários Nacionais

Divulgada a lista dos finalistas da 13ª edição do Prêmio São Paulo de Literatura, versão 2020. Serão selecionados um autor pela categoria “Melhor Romance de Ficção do Ano de 2019” e um como “Melhor Romance de Ficção de Estreia do Ano de 2019”, cada um receberá um prêmio de R$ 200 mil. Nos casos em que foi publicada resenha no Mundo de K, basta seguir o link no título do romance.

Este ano a disputa está forte com a participação de alguns nomes já consagrados na literatura brasileira contemporânea, tais como: Maria Valéria Rezende, Milton Hatoum, Julián Fuks, João Anzanello Carrascoza e Patricia Melo. É de se estranhar o fato de Itamar Vieira Junior não ter entrado nesta seleção, uma vez que ele deve ganhar todos os prêmios literários deste ano (menos o São Paulo de Literatura), com muito mérito, diga-se de passagem. Uma possível explicação é o fato do romance ter sido publicado originalmente em Portugal.

Criado em 2008, o Prêmio São Paulo de Literatura tem como objetivo estimular a produção literária de qualidade, valorizar o setor e favorecer a formação de leitores e escritores, reconhecendo grandes nomes e também novos talentos. As obras cadastradas precisam ser do gênero romance de ficção, escritas originalmente em português e ter sua primeira edição e impressão no Brasil em 2019, além de possuir formato impresso da primeira edição com ISBN emitido em 2019.

Melhor Romance de Ficção de 2019 

Todos os Santos (Alfaguara), de Adriana Lisboa 

O Corpo Interminável (Record), de Claudia Lage 

Crocodilo (Companhia das Letras), de Javier Contreras 

Elegia do Irmão (Alfaguara), de João Anzanello Carrascoza 

A Morte e o Meteoro (Todavia), de Joca Reiners Terron 

A Ocupação (Companhia das Letras), de Julián Fuks 

Carta à Rainha Louca (Alfaguara), de Maria Valéria Rezende 

Pontos de Fuga (Companhia das Letras), de Milton Hatoum 

Mulheres empilhadas (Leya), de Patricia Melo

Marrom e Amarelo (Companhia das Letras), de Paulo Scott


Melhor Romance de Ficção de Estreia do Ano de 2019 

O Melindre nos Dentes da Besta (7 Letras), de Carol Rodrigues 

Mônica vai jantar (Dublinense), de Davi Boaventura 

O legado de nossa miséria (Record), de Felipe Holloway 

O Quarto Branco (Todavia), de Gabriela Aguerre 

A Cidade Inexistente (7 Letras), de José Rezende Jr. 

Com o Corpo Inteiro (Pólen Livros), de Lucila Losito Mantovani 

Paraízo-Paraguay (Caiaponte), de Marcelo Labes 

Cancún (Companhia das Letras), de Miguel del Castillo 

Controle (Companhia das Letras), de Natalia Borges Polesso 

Das Terras Bárbaras (Alaúde), de Ricardo da Costa Aguiar

Comentários

Unknown disse…
Realmente estranho Torto Arado não constar dos finalistas. Deve haver algum bom motivo. Abs
Alexandre Kovacs disse…
Segundo as regras da organização: "As obras cadastradas precisam ser do gênero romance de ficção, escritas originalmente em português e ter sua primeira edição e impressão no Brasil em 2019, além de possuir formato impresso da primeira edição com ISBN emitido em 2019." Como "Torto arado" foi publicado originalmente em Portugal, pode ser este o motivo.
Muito bom essas postagens sobre prêmios literários. Estou acompanhando esse ano por aqui.
Alexandre Kovacs disse…
Oi Kelly! Nesta época do ano temos vários resultados de premiações para comentar e mais livros para acrescentar nesta lista interminável, felizmente!

Postagens mais visitadas deste blog

As 20 obras mais importantes da literatura brasileira

As 20 obras mais importantes da literatura portuguesa

As 20 obras mais importantes da literatura japonesa

As 20 obras mais importantes da literatura francesa

20 grandes escritoras brasileiras

As 20 obras mais importantes da literatura dos Estados Unidos