Finalistas do Prêmio Oceanos 2022

Literatura em língua portuguesa

O Oceanos – Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa 2022 anunciou os dez livros finalistas, que passam para a última etapa de avaliação. Integram a lista diferentes gêneros literários – dois livros de contos, um de crônicas, um de poesia e seis romances. Quatro escritoras brasileiras estão incluídas nesta relação: Micheliny Verunschk com O som do rugido da onça (Companhia das Letras); Maria Fernanda Elias Maglio, com Quem tá vivo levanta a mão (Patuá); Tatiana Salem Levy, com Vista chinesa (Todavia) e Ana Martins Marques, com Risque esta palavra (Companhia das Letras).

Complementam a relação de dez finalistas os três moçambicanos: João Paulo Borges Coelho, com Museu da Revolução (Editorial Caminho e Kapulana); Pedro Pereira Lopes, com O livro do homem líquido (Gala-Gala Edições) e Teresa Noronha, com Tornado (Exclamação); e três portugueses – Alexandra Lucas Coelho, com Líbano, labirinto (Editorial Caminho); Djaimilia Pereira de Almeida, nascida em Luanda, com Maremoto (Relógio D'Água) e José Gardeazabal, com Quarentena – Uma história de amor (Companhia das Letras Portugal).

Nos dias 8 e 9 de dezembro, a organização realizará em Maputo uma programação literária com escritores de Brasil, Moçambique e Portugal. Ainda no dia 9, às 13h do Brasil, 17h de Portugal e 18h de Moçambique, os vencedores do Oceanos 2022 serão anunciados em cerimônia transmitida em tempo real pelo YouTube do prêmio. O valor total do prêmio é de 250 mil reais – 120 mil para o primeiro colocado, 80 mil para o segundo e 50 mil para o terceiro.

Relação completa de finalistas do Oceanos 2022

Líbano, labirinto, de Alexandra Lucas Coelho – Editorial Caminho

Maremoto, de Djaimilia Pereira de Almeida | Relógio D'Água

Museu da Revolução, de João Paulo Borges Coelho | Editorial Caminho e Kapulana

O livro do homem líquido, de Pedro Pereira Lopes | Gala-Gala Edições

O som do rugido da onça, de Micheliny Verunschk | Companhia das Letras

Quarentena – Uma história de amor, de José Gardeazabal | Companhia das Letras Portugal

Quem tá vivo levanta a mão, de Maria Fernanda Elias Maglio | Patuá

Risque esta palavra, de Ana Martins Marques | Companhia das Letras

Tornado, de Teresa Noronha | Exclamação

Vista Chinesa, de Tatiana Salem Levy | Todavia e Elsinore

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

As 20 obras mais importantes da literatura brasileira

As 20 obras mais importantes da literatura dos Estados Unidos

As 20 obras mais importantes da literatura portuguesa

As 20 obras mais importantes da literatura francesa

As 20 obras mais importantes da literatura japonesa

20 grandes escritoras brasileiras