Vencedores do Prêmio Oceanos 2022

Prêmios Literários

Divulgados os três livros vencedores do Prêmio Oceanos de Literatura, versão 2022. Líbano, labirinto, da escritora portuguesa Alexandra Lucas Coelho, publicado em Portugal pela Editorial Caminho, ficou em primeiro lugar. Essa é a primeira obra de não ficção a vencer o Oceanos, inscita na categoria crônica. O romance Museu da Revolução, do escritor moçambicano João Paulo Borges Coelho, publicado em Portugal também pela Editorial Caminho e no Brasil pela Kapulana, conquistou o segundo lugar. Na terceira posição, ficou o romance O som do rugido da onça, da brasileira Micheliny Verunschk (ler resenha do Mundo de K), publicado no Brasil pela Companhia das Letras, que venceu também o Prêmio Jabuti 2022 na categoria Romance Literário.

Concorreram ao Prêmio Oceanos, versão 2022, 2.452 obras, de diferentes gêneros, escritas por autores de 17 nacionalidades e publicadas em sete países: Angola, Brasil, Cabo Verde, Estados Unidos, Guiné-Bissau, Moçambique e Portugal. Foram três etapas de avaliação e o júri final foi formado pelos brasileiros Cristhiano Aguiar, Guilherme Gontijo Flores, Josélia Aguiar e Júlia de Carvalho Hansen, pelo moçambicano Artur Bernardo Minzo e pelas portuguesas Ana Cristina Leonardo e Helena Vasconcelos.

A partir de 2015 o Prêmio Portugal Telecom de Literatura foi cancelado pelos antigos patrocinadores, passando a ser chamado de Oceanos - Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa e patrocinado pelo Itaú Cultural. Atualmente, o valor total da premiação é de 250 mil reais, sendo 120 mil para o primeiro colocado, 80 mil para o segundo e 50 mil para o terceiro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

As 20 obras mais importantes da literatura brasileira

As 20 obras mais importantes da literatura japonesa

As 20 obras mais importantes da literatura portuguesa

20 grandes escritoras brasileiras

As 20 obras mais importantes da literatura francesa

As 20 obras mais importantes da literatura dos Estados Unidos